Reflexão

7 razões pelas quais nunca é tarde demais na vida…

7 razões pelas quais nunca é

“Você deve viver no presente, lançar-se em cada onda, encontrar a sua eternidade em cada momento. Aproveitar as oportunidades. Não há outra terra; não há outra vida a não ser esta.” – Henry David Thoreau



Nossa vida é limitada – pelo menos no número de anos passados na Terra. Portanto, muitos indivíduos tentam se encaixar em “viver” nesse número finito de anos o máximo possível. Às vezes, as pessoas podem começar a assumir a mentalidade “deveria ter/poderia ter”. Algumas dessas pessoas experimentam um profundo sentimento de arrependimento, e muitas realmente desenvolvem depressão ou outras condições de saúde. Outras passam por fases temporárias, como a temida “crise da meia-idade”.

Mas o que esse tipo de pensamento nos faz alcançar? É natural experimentarmos arrependimentos de vez em quando; contudo, a dura verdade é que o passado é imutável. Claro, podemos mudar a nós mesmos como resultado do passado. Podemos até mesmo atenuar um pouco o dano causado.

Não podemos adicionar ou subtrair anos de nossas vidas … só podemos viver no momento e tentar fazer o melhor com isso.


Aqui estão 7 razões pelas quais nunca é tarde demais na vida:

1.Tudo o que existe no presente

Pense sobre isso por um momento. Quantos de nós ficam tão envolvidos no que foi feito no passado, e no que vamos fazer no futuro … e abandonamos o presente? Quantos de nós realmente vivem no momento?

7-razoes-pelas-quais-nunca-e


Alguns cientistas prolíficos têm postulado que o tempo – como uma construção, juntamente com a sua natureza finita – é uma ilusão. Sendo uma ilusão ou não, a maioria de nós concorda que a vida é apenas uma série de eventos, ou momentos, que experimentamos.

Então, por que não se concentrar na única coisa que podemos realmente experimentar agora … o momento presente?


2.Nós podemos mudar uma coisa de cada vez


Há um erro que muitos de nós cometemos quando experimentamos arrependimentos na vida. Em vez de concentrarmos nossos esforços em mudar um aspecto de nós mesmos, pensamos em tudo o que fizemos de errado. Como resultado, ficamos sobrecarregados e experimentamos a “paralisia por análise”.

Quando estamos muito ocupados pensando nas coisas que precisamos mudar, é impossível tomarmos uma ação construtiva. Quando nos concentramos em uma coisa para melhorarmos, é muito, muito mais fácil.

Nós não precisamos abordar tudo de uma vez … só precisamos nos concentrar em uma coisa e fazermos o nosso melhor!



3.Podemos dar passos lentos

Claro que podemos ser um pouco mais velhos agora, mas isso não significa que precisamos mudar tudo de um dia para o outro (lembre-se de toda essa coisa de “momentos”). Além de que, quando tentamos progredir muito rápido, nossos resultados são afetados. Qual é o objetivo em se apressar neste caso?

É muito melhor abrandar e realmente mudar o que quiser! Você será muito mais feliz com os resultados.



4.O futuro é incerto

Naturalmente, ninguém sabe o que acontecerá no futuro! Pense em como a vida seria melhor se vivêssemos todos os dias como se fossem o último…

É muito importante lembrar-se deste fato. Isto é especialmente verdadeiro se alguém está tentando fazer mudanças positivas na vida.



5.Nós ainda temos nossa vontade

“Onde há vontade, há um caminho!” Sem a nossa vontade, não somos nada.

Se você está respirando, sua vontade está ativa e pronta para ser usada.

Você tem a sua mente, a sua alma, e a sua vontade … aja!



6.O desenvolvimento pessoal não expira

Um dos arrependimentos tardios da vida é não “alcançar” algo. Quando alguém sente que não cumpriu seu verdadeiro potencial, pode ficar profundamente machucado. Mas a capacidade de melhorar a si mesmo não expira.

Doreetha Daniels, uma mulher idosa com problemas de visão e audição, e vítima de múltiplos acidentes vasculares cerebrais – recebeu seu diploma universitário aos 99 anos de College of the Canyons em Santa Clara, Califórnia.



7.Nosso legado

7-razoes-pelas-quais-nunca-e2

Outra questão é importante é sobre “o que deixaremos”. O que as futuras gerações pensarão de nós, quando já tivermos partido desta Terra? Serão inspiradas e encorajadas por nossas vidas? Ou serão neutras … talvez até um pouco decepcionadas?

O que deixamos para nossos descendentes é um dos maiores presentes que podemos dar.

Mais uma vez, voltamos a uma citação sobre Doreetha Daniels, de 99 anos:

“Ela é realmente uma mulher incrível que tem influenciado a minha vida, e eu me sinto muito feliz por ter vivido a sua viagem ao seu lado.”

Essencialmente, esta professora está discutindo a jornada de Daniels … sua inspiração … e seu legado.

Seremos capazes de dizer o mesmo?

___

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: Power of Positivity

5 maneiras de terminar o seu relacionamento com o estresse:

Artigo Anterior

8 sinais de que o estresse está destruindo o seu relacionamento:

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.