7 verdades extraordinárias sobre pessoas que se respeitam (e dicas para desenvolver o autorrespeito)

6min. de leitura

O autorrespeito representa o respeito que temos por nós mesmos, por nossas qualidades, capacidades e até mesmo por nossas fraquezas. Ele é a mais verdadeira expressão de que aprendemos a nos aceitar por quem somos, e trabalhamos continuamente em nossa própria evolução.



No entanto, não se deve confundir autorrespeito com egocentrismo. As pessoas egocêntricas acreditam que são melhores do que todos aqueles ao seu redor. Esse sentimento pode elevar a autoestima por um momento, mas é apenas uma forma de mascarar a falta de amor-próprio que existe em seu interior.

Quando existe o respeito por si mesmo, o ego é apenas uma parte natural de quem somos, mas não é o senhor de nossas vidas e atitudes.

Aprender a nos aceitarmos e respeitarmos é uma das melhores coisas que podemos fazer para nós mesmos. Nem sempre é simples e fácil, porque a necessidade de perfeição é imposta a nós desde nossos primeiros dias de vida. No entanto, quando amamos quem realmente somos, a imperfeição é vista como uma parte de quem somos, não como um inimigo a ser combatido.


Abaixo mostramos 7 verdades extraordinárias sobre aqueles que aprenderam a respeitar a si mesmos. Leia com atenção.

1. Suas palavras sempre são cumpridas

Essas pessoas têm noção da responsabilidade que acompanha cada uma de suas palavras, e por isso sempre cumprem aquilo que dizem. Quando somos honestos, fortalecemos nossa autoestima e autorrespeito.


2. Não vivem para agradar os outros

Elas se preocupam, ajudam as pessoas ao seu redor em seus desafios e gostam de criar novos relacionamentos. No entanto, não diminuem o próprio valor apenas para agradar outras pessoas. Sabem que ser autêntico é mais importante do que ser popular.


3. Não são facilmente influenciadas pelas opiniões de outras pessoas

As pessoas que não respeitam a si mesmas são facilmente afetadas pelas opiniões daqueles ao seu redor, porque dão muito valor a tudo que não vem de si mesmas. No entanto, aqueles que possuem o autorrespeito sabem que o que os outros pensam sobre eles nunca será tão importante quanto o que pensam sobre si mesmos.


Dessa maneira, seguem suas vidas leais a quem realmente são.


4. Não permitem que nenhuma outra pessoa assuma o controle de suas vidas

Essas pessoas defendem seu direito às próprias opiniões e escolhas e se afastam de todos aqueles que tentam de alguma maneira controlar suas vidas. Sabem que, enquanto se mantiverem fieis a si mesmas, as pessoas certas vão aparecer, e que não podem perder seu tempo com quem não as respeita.


5. Cuidam de sua saúde

As pessoas que respeitam a si mesmas sabem que uma parte fundamental de viver uma boa vida é cuidar de sua saúde em todos os níveis, física, mental e emocional. Elas sempre estão em busca de novas maneiras de viverem o mais saudáveis possível.


6. Valorizam o próprio tempo

Essas pessoas também respeitam o seu próprio tempo, e não o desperdiçam em coisas que não os fazem crescer e prosperar. Pelo contrário, sempre encontram atividades positivas e interessantes que permitam que seu tempo seja aproveitado ao máximo.


7. Não exibem comportamentos agressivos

As pessoas que se respeitam também respeitam aqueles ao seu redor, e por isso não veem necessidade de agir com agressividade. Elas entendem que violência é comportamento de pessoas inseguras.

Se você se identifica com as características mostradas acima, você aprendeu a se respeitar e amar. Mas se percebeu que ainda precisa desenvolver essas verdades, temos algumas dicas que podem ajudar.

Como desenvolver o autorrespeito

Todos somos capazes de incorporar o autorrespeito em nossas vidas, independentemente de nossos desafios pessoais. A falta de autocuidado se reflete em todas as áreas de nossas vidas, e é por isso que precisamos entender o que nos impede de viver com plenitude.

Quando você sentir que emoções negativas, como culpa, vergonha ou raiva estão invadindo seus pensamentos, fazer as seguintes perguntas pode ajudá-lo a compreender a si mesmo e traçar uma estratégia de autorrespeito eficiente:

  • Como posso mudar meu comportamento para que eu possa agir de forma mais positiva em outra situação semelhante?
  • Existe alguém com quem eu possa conversar para me sentir melhor?
  • Posso aprender a ser menos exigente e severo comigo mesmo e compreender que os erros são normais e que é através deles que eu cresço e aprendo?
  • Que habilidades eu preciso desenvolver para me sentir feliz comigo mesmo?

Quando fizer essas perguntas, esteja aberto para ouvir as respostas sinceras que virão do seu interior e siga a sua orientação. Conforme você nutrir essa conexão consigo mesmo, perceberá que o respeito por si mesmo começará a se desenvolver, o que te trará mais confiança, felicidade e autoestima.

Se gostou do texto, deixe um comentário abaixo e compartilhe com seus amigos!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: racorn / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.