O SegredoRelacionamentos

8 coisas das quais você nunca deve desistir por um relacionamento

Estar sozinho não significa que você é fraco, significa que você é forte o suficiente para esperar o relacionamento correto. Relacionamentos doentios restringem e prejudicam, enquanto relacionamentos saudáveis trazem liberdade e vida para a nossa existência. É importante lembrar a diferença. É importante lembrar que existem coisas das quais você nunca deve abrir mão por causa de um relacionamento.



Aqui estão 8 essas coisas:

1. Sua magnificência imperfeita.

Não é difícil encontrar alguém que diz te amar, difícil é encontrar alguém que realmente sabe o que isso significa. Mas você vai encontrar esse alguém eventualmente, por isso não apresse o amor, e não se contente. Encontre alguém que não tem medo de admitir que sente sua falta. Alguém que sabe que você não é perfeito, mas que goste de você mesmo assim. Alguém que entrega o seu coração completamente. Alguém que diz: “Eu te amo” e, em seguida, prova isso dia após dia. Encontre alguém que não se importaria de acordar com você, vendo suas rugas e cabelos grisalhos, e se apaixonar mais uma vez.


Lembre-se, para as pessoas que realmente te amam, você já é magnífico. Isso não é porque elas são cegas para seus defeitos, mas porque enxergam a beleza de sua alma. As pessoas que se preocupam com você estão dispostas a deixá-lo ser imperfeito e magnífico, ao mesmo tempo.


2. O direito de decidir por si mesmo.

Não coloque as chaves para o seu crescimento e felicidade no bolso de outra pessoa. Relacionamentos não são sobre autoridade e obediência, são acordos de amor e respeito. Você simplesmente não pode viver toda a sua vida nas fantasias de outra pessoa. Deve haver compromisso e o espaço para fazer o que é certo para você, mesmo que alguém com quem você se preocupa discorde. Ajude, mas não se permita ser usado. Ouça a entes queridos, mas não perca o controle de sua voz interior.


Nunca se desculpe pelo que você sente e não sente, isso é uma traição à sua verdade. Não importa o quanto as pessoas te deem conselhos, às vezes você tem que sentir as coisas por si mesmo, tomar decisões por conta própria, experimentar coisas em primeira mão, e construir suas próprias conclusões.


3. Seu ser humano inato precisa ser compreendido.

Não há nada mais íntimo do que ser compreendido e compreender outra pessoa em troca. Mesmo nas divergências, todo relacionamento saudável contém essa compreensão mútua, um espaço amoroso cheio de compreensão e compromisso.


Então se lembre de ouvir sem se defender, e falar sem ofender. A comunicação não é apenas uma parte importante de um relacionamento, ela é o relacionamento. E realmente, só há uma regra para ser um bom comunicador: a vontade de ouvir os outros. Porque nem sempre precisamos de uma mente ocupada que fala, apenas um coração que escuta paciente.


4. A liberdade de amar.

O amor é a força criativa do universo. Ele é tão importante para a vida, como o oxigênio é para respirar. Quando o amor está presente em nossas vidas, nos sentimos mais felizes, e mais otimistas. Sem ele, nos tornamos irritados, cínicos, ressentidos, críticos de nós mesmos e dos outros, efetivamente esmagamos a grandeza que existe em nós, e diminuimos nossa própria luz.


Abra seu coração e deixe o amor sair. Ame as pessoas. Ame experiências. Ame-se. E abandone aqueles que tentam pará-lo.


5. A coragem e a vontade de experimentar a vida.

Para viver uma grande vida, você tem que perder seu medo de estar errado. Lembre-se que fazer alguma coisa e começar da maneira errada é pelo menos dez vezes mais produtivo do que não fazer nada. Mesmo quando as coisas não dão certo, eles dão. Porque no final, experiência é o que você consegue quando não obtém exatamente o que queria, e experiência é muitas vezes a coisa mais valiosa que você tem para oferecer.


Portanto, não seja tímido sobre suas ações. Toda a vida é uma experiência. Quanto mais experiências você tiver, melhor. Ou você vai ter sucesso, ou vai aprender a melhor maneira de dar o próximo passo.


6. Sua alegria.

Nunca deixe que nada nem ninguém fique no caminho de sua alegria. Viva uma vida que te alegre e faça você rir em voz alta todos os dias. Porque você não quer chegar ao fim e perceber que sua vida foi um conjunto de reuniões e promessas vazias.


Então vá em frente e cante alto no carro com as janelas abertas, dance em sua sala de estar, fique acordado a noite toda rindo, pinte as paredes de qualquer cor que quiser, desfrute de algum vinho do Porto e bolo de chocolate. E continue vivendo, rindo e fazendo Deus orgulhoso por dar vida a alguém que ama e cuida o presente.


7. Outras relações importantes, incluindo a que você tem consigo mesmo.

Se o seu relacionamento está te fechando do resto do mundo, é hora de se libertar. É hora de escolher o amor ao invés do engano. Afinal de contas, é isso que o amor é, liberdade.


Então, não culpe o amor se o seu relacionamento quebrado está interferindo em seus outros relacionamentos importantes, ou roubando sua autoestima e liberdades pessoais. Não, não culpe o amor. Pois não é o amor que está roubando de você. É posse. É obsessão. É manipulação. É confusão. O amor não tem nada a ver com a sua situação. O amor não fecha a porta para a felicidade e liberdade. Ele abre e permite que entre mais.

Da mesma forma, se alguém espera que você seja alguém que não é, dê um passo para trás. É mais sensato para perder relacionamentos mais ser quem você é, do que mantê-las intactas, fingindo ser outra pessoa. É mais fácil cuidar da dor do seu coração e conhecer alguém novo, do que juntar a sua própria identidade estilhaçada. É mais fácil preencher um espaço vazio dentro de sua vida que outra pessoa ocupava, do que preencher o espaço vazio que VOCÊ ocupava.


8. Sua paz e serenidade interior.


Não importa o que você faz ou quão incrível você é, durante sua vida algumas pessoas vão ficar chateadas com você, te desrespeitar, e te tratar mal. Deixe-os, deixe o karma lidar com as coisas cruéis que eles fizeram. Encher seu coração de ódio e negatividade só vai consumir a você e seu potencial. Você vai começar a se curar e crescer emocionalmente quando abandonar mágoas do passado, desculpar as pessoas que erraram com você, e perdoar-se por seus erros de julgamento.

Aprender a ignorar certas pessoas e situações é um dos grandes caminhos para a paz interior. Então abandone quando tiver que abandonar.

O que mais você adicionar à lista? O que você nunca deve ter que desistir de um relacionamento? Deixe um comentário abaixo e compartilhe suas opiniões.

 

________

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: Marc and Angel

7 comportamentos que pensamos ser negativos, mas são saudáveis

Artigo Anterior

10 coisas que amigos de verdade não fazem

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.