Bem-Estar e Saúde

8 maneiras naturais para impulsionar o seu metabolismo

frutas

Se você acha que a gordura da barriga é uma coisa ruim, você está certo. E as razões não têm nada a ver com vaidade. A gordura da barriga é a área inicial para diabetes, pressão arterial elevada, e até mesmo mesmo acidente vascular cerebral e ataque cardíaco.



Também conhecida como gordura visceral, ela produz excesso de hormônios e substâncias inflamatórias e contribui para a produção de LDL (“mau” colesterol) e triglicerídeos. Demasiada gordura na barriga também desencadeia um estado de pré-doença chamada “resistência à insulina”, no qual o hormônio insulina não consegue controlar adequadamente os níveis de açúcar no sangue. Isso pode colocá-lo sob o risco de coágulos sanguíneos.

A boa notícia é que você pode evitar a gordura da barriga por meio de suas escolhas alimentares. O que você come afeta a manutenção de genes saudáveis, e um plano de alimentação nutritiva pode dar-lhe saúde. Mudar sua dieta pode literalmente mudar a sua vida.


  1. Evite recipientes com BPA.

Enquanto a maior parte da culpa pelo número crescente de obesidade é atribuída à falta de exercício e maus hábitos alimentares, os pesquisadores relatam que um outro culpado pode ser o bisfenol A, mais conhecido como BPA. Ele é encontrado em tudo, desde no revestimento de alimentos enlatados até recipientes de plástico.

Um estudo publicado no Journal of the American Medical Association constatou que as crianças obesas têm quantidades elevadas de BPA em seus corpos – uma razão convincente para manter os produtos BPA fora de nossas casas e longe de nossas crianças. Infelizmente, os níveis detectáveis ​​de BPA foram encontrados em 93% das mais de 2.500 amostras de urina de americanos no levantamento National Health and Nutrition Examination realizado pelo CDC.


 

  1. Acrescente alimentos ricos em ácido fólico à sua dieta.

Alimentos ricos em folato (legumes e hortaliças da cor verde e frutos secos como nozes, caju, amêndoa, entre outros ) revertem e previnem efeitos de alimentos que causam obesidade e substâncias como o BPA. Na verdade, a pesquisa mostrou que o folato pode protegê-lo dos efeitos nocivos de toxinas como BPA e outros produtos químicos estrogênicos, como os que têm sido associados a vários tipos de câncer, principalmente câncer de mama e de próstata.

 

  1. Comer vegetais crucíferos.

Os vegetais crucíferos são embalados com folato. Couve de Bruxelas, repolho, couve-flor, couve, acelga, brócolis e bok choy. Quanto mais você consome, menor é o risco de desenvolver obesidade, doenças cardiovasculares, demência, déficit cognitivo e depressão.

 


  1. Esqueça carne carbonizada.

Elas contêm produtos químicos cancerígenos conhecidos como nitrosamina.

 


  1. Substitua refrigerante por água ou chá.

Refrigerantes são grandes contribuintes para o excesso de peso e têm sido listados em todos os experimentos com alimentos que fazem mal a saúde. Eles contêm xarope de milho com alto teor de frutose, que também causam aumento na taxa de triglicerídeos. Até mesmo em refrigerantes diet foram encontradas substâncias para perturbar as boas bactérias no seu intestino, levando a insensibilidade à insulina e leptina, assim como inflamação.


 

  1. Tomar café da manhã

Começar o dia com café da manhã é um passo importante para garantir queima de calorias. Por quê? Enquanto você dormia nas últimas 6 a 7 horas, seu corpo estava trabalhando com afinco para reparar e reconstruir-se, o que ocupa uma grande quantidade de energia. Não tomar café da manhã desacelera o seu metabolismo, porque a última coisa que o seu corpo quer fazer quando está com fome é queimar mais calorias, então ele entra em modo de conservação de energia.

 

  1. Faça do iogurte um lanche regular.

O iogurte é uma grande fonte de cálcio e uma escolha de lanche saudável. Ultimamente, o iogurte grego tem sido o preferido pelos consumidores por conter mais proteína do que outros iogurtes. Proteína leva mais tempo para ser digerida pelo estômago, o que ajuda a mantê-lo satisfeito por mais tempo,e o corpo também queima mais calorias digerindo as proteínas.

Iogurte grego é um maravilhoso café da manhã ou opção de lanche. A sugestão é comprar as opções de baixa caloria, que têm pouca (ou nenhuma) gordura e com baixo teor de açúcar. Se você gosta de um pouco de misturas, considere a adição de nozes, amêndoas ou frutas para seu iogurte grego.

 

  1. Tome chá e café.

Os benefícios do chá verde são numerosos. Ele contém EGCG, a catequina que ajuda a aumentar o metabolismo. O café contém cafeína, que tem obtido bons resultados no aumento da frequência cardíaca, o que significa que você está queimando mais calorias. (Tal como acontece com o exercício, se você acelerar o seu ritmo cardíaco, em seguida, você queima calorias.) Outra vantagem de bebidas quentes é que você as consume mais lentamente do que outras bebidas, o que também diminui a ingestão calórica para essa refeição e ajuda a manter níveis de açúcar no sangue.

Tal como acontece com todas as escolhas de estilo de vida, o equilíbrio é a chave!

 

Fonte: Traduzido pela equipe The Secret (O Segredo) via Mind body green

Seis maneiras para facilitar o seu desenvolvimento pessoal

Artigo Anterior

O que a sua capacidade de se desculpar diz sobre sua personalidade

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.