ColunistasCuriosidades

9 fatos sobre como é ter um blog de viagens:

1.NÃO BASTA SOMENTE VIAJAR



Eu não sou a pessoa mais viajada do mundo mas já conheci vários lugares. Ter um blog vai muito além de simplesmente ser uma pessoa “viajada”. Tem que ler, escrever, estudar, conhecer outros blogs, gostar de tirar fotos, ter uma empatia e identificação com os leitores e se expor.


2.ESTUDO


Eu estudei muito sobre gestão de conteúdo online, como criar conteúdo, como escrever de forma otimizada, quais fatores influenciam no posicionamento do blog, fazer um planejamento e estratégias de comunicação. Além disso, acompanho sempre outros blogs sobre este tema.


3.COMPROMETIMENTO



Apesar de ser um hobby, eu me comprometi com vocês a postar frequentemente e eu não posso simplesmente desaparecer quando não tiver idéias de posts ou ficar doente. Eu fiquei doente mais de um mês com úlcera de córnea, sem enxergar direito e não postei um atestado médico no blog. Eu deixo pronto uns 4 posts adiantadamente, pois quando não tiver inspirada o blog ficar sem posts.


4.TEMPO

Cada post eu levo em média 2 a 3 horas para fazer. Escrever é o mais fácil pois eu tenho facilidade, depois tem que escolher as fotos, colocar tags, escolher o título, fazer pesquisas, conferir informações, fazer os hyperlinks, revisar, revisar e revisar.



5.COMUNICAÇÃO

Esse acho que é um dos pontos mais importantes. Atualizo as redes sociais (Instagram e Facebook), respondo todos os leitores e leio e-mails diariamente. Acho que uma boa comunicação faz parte da função 🙂



6.PARCERIAS E RENTABILIZAÇÃO

Existem formas de ganhar dinheiro através do blog. Este momento não estou procurando parceiros ainda. Essa parte vêm depois de tempo, dedicação e confiabilidade. Vou esperar para ver como é a adaptação e sei que minha vida pode mudar a qualquer momento.


7.INTERFACE DO BLOG


Sou responsável também pelo meu template, widgets, pela parte gráfica, edição de fotos e aprendi a usar o photoshop.


8.IDENTIFICAÇÃO

Uma coisa importante é quem escreve tem que ter carisma com o leitor. A pessoa tem que se identificar com quem escreve, porque você volta em um blog porque você gosta de quem está escrevendo, se não você estaria lendo meu blog e sim  uma revista ou um guia de viagens. A diferença entre um blog e um site é que o blog é mais pessoal, você sabe quem está escrevendo.



9.DICA

Apesar de todo esse trabalho que eu tenho, o resultado que recebo é gratificante. Todo esse carinho, apoio, comentários, é o que me motiva a continuar. Se você quer ter um blog, comece, mas faça por amor. Escreva muito, leia muito, estude muito, pois tudo que é feito com dedicação e persistência tende a dar certo! Esta é a dica para o sucesso. Não tem certo. Não tem errado. Não tem fórmula.


Nunca ignore essas 3 mensagens do seu coração!

Artigo Anterior

2017: o ano da sua vida!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.