7min. de leitura

9 hábitos tóxicos para você se livrar esse ano

A vida é cheia de possibilidades, as portas para nos tornarmos melhores estão abertas. Vivemos em um mundo onde nossos dias são divididos em um calendário, então, por que não aproveitar disso para criar motivação?


A gente sempre espera que quando mude o ano, as coisas também mudem, mas esquecemos que os dias continuarão sendo iguais, que somos nós que devemos buscar mudanças.

A seguir você confere 9 hábitos tóxicos que está na hora de eliminar da sua vida.

1- Abandone o passado

“Lamentar uma dor passada, no presente, é criar outra dor e sofrer novamente.” – William Shakespeare


Lidar com o passado, com os arrependimentos não é algo simples, mas quanto mais cedo você perceber que já não pode mais fazer nada sobre isso, mais feliz você será. Na verdade, devemos sempre ter em mente que não podemos nos preocupar com aquilo que não podemos fazer nada a repeito.

proverbio-chines


2- Relacionamentos tóxicos

Às vezes nos encontramos em relações ruins, mas sem a coragem de colocar um fim na situação, acabamos sofrendo mais do que sofreríamos afastando a pessoa. É claro que é extremamente difícil decidir remover alguém da nossa vida, mas nem sempre há outra opção.


“Milhares de pessoas nascem e morrem, milhares de relacionamentos começam e terminam, um objeto que quebra, a garrafa de café quase vazia, uma amizade de anos que já não era a mesma… Tudo, do simples ao inabalável, tudo chega ao fim. E há milhares de finais acontecendo todo dia.”

arte


3- Desculpas

É estranho, bobo e não faz sentido, mas muitas vezes inventamos desculpas até para as coisas que gostaríamos de fazer. “Estou velho para isso”, “É tarde demais”, “Isso não é para a minha idade”, são típicas frases que usamos para barrar nossa felicidade de vida. Então, ficamos sentados na janela, assistindo a vida passar, enquanto inventamos desculpas para não viver.

Se você olhar bem, perceberá que há vida para se viver em toda parte, basta esquecer as limitações.


4- Tentar se encontrar

Muitas pessoas lá fora, estão tentando descobrir o lugar a que pertencem. É uma busca sem fim, porque elas não irão encontrar. Não existe um lugar pronto e perfeito para você, é preciso criá-lo. E quanto mais cedo você descobrir, mais rápido poderá começar trabalhar nisso.

Você está no comando. Há liberdade para construir, desmanchar, criar de novo. É você que decide qual direção dará para a sua vida.

Indico a obra “O existencialismo é um humanismo“, escrita por Jean-Paul Sartre.

5630491_Josil_arte_x__liberdade_(_gravura_)


5- Ser duro consigo mesmo

É claro que a vida nem sempre irá sair exatamente como esperamos, mas está tudo bem com isso. Na verdade, às vezes pode até ser bom, pois podemos nos surpreender.

No momento em que as coisas dão errado, surtamos, queremos bater com a cabeça na parede, porém, muitas vezes com o passar do tempo, olhamos para trás e descobrimos que foi melhor assim.

Quando algo está em suas mãos, dê o seu melhor. Pense em todas possibilidades, encontre as melhores soluções, mas quando isso sair do seu alcance, você deve ficar tranquilo, pois independente do resultado, você fez o que dava.

auto-critica


6- Dívidas acumulando

Quando envolve dinheiro, tudo fica complicado e pesado. Dever dinheiro é atormentador, faz com que a gente carregue uma carga nas costas desnecessária. Então, vamos aproveitar que o ano recém está começando para tentar diminuir o consumismo. Muitas coisas que compramos, no fundo, nem precisamos. Acabamos comprando coisas por impulso sem pensar se poderemos pagar ou não.

Este é o momento certo para se sentar, colocar todos os números em um pedaço de papel e calcular o caminho para sair da dívida. Você pode pegar um emprego a tempo parcial ou fazer turnos extras em seu atual. Claro, você vai se sacrificar por alguns meses, mas vai valer a pena.


7- Hábitos de sono

Certamente, já falamos muitas vezes aqui, sobre a necessidade de dar atenção ao sono e a alimentação, mas é um assunto que não dá para deixar de fora.

Se você não tiver uma boa noite de sono, não terá energia suficiente para viver bem o seu dia. E não faz sentido optarmos por ter um dia ruim, não é mesmo?

Faça exercícios, abandone o cigarrinho, procure se alimentar adequadamente e aproveite a mudança que você irá sentir.


8- O medo

O medo está na sua mente. A humanidade é ótima em aumentar as coisas, então, nos aterrorizamos demais. É claro que não temos toda segurança que gostaríamos, mas não podemos deixar de viver por isso.

Se o seu medo estiver te impedindo de sair de casa, por exemplo. Significa que é hora de buscar ajuda.

Passar seus dias atrás de portas trancadas ou evitar as pessoas, porque eles podem te machucar não é viver, mas sobreviver.

“O horror visível tem menos poder sobre a alma do que o horror imaginado.” – William Shakespeare


9- Manter o inútil

Muitas vezes, temos medo do novo, da mudança. Então, guardamos velharias para que possamos ter uma falsa segurança que está tudo certo. Este é um hábito tóxico que devemos nos livrar.

Na vida, precisamos estar constantemente abrindo espaço para o que virá, seja no armário ou no coração. É claro que é difícil abrir mão das velhas lembranças, das músicas que lembram um relacionamento falho ou das fotos que já não dizem nada, mas às vezes, tudo que precisamos é nos libertamos daquilo que já não presta mais.

 

______

Publicado originalmente em Equilíbrio em Vida





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.