A batalha mais dura que travamos todos os dias é contra nossas próprias mentes

De todas as batalhas que travamos todos os dias, as mais duras são contra a nossa mente, porque os inimigos somos nós mesmos.



Todos os dias, encontramos dificuldades com as quais precisamos lidar, seja nos relacionamentos familiares, com os amigos ou com o trabalho. Isso é algo natural e faz parte da vida e das relações.

Muitas vezes, essas dificuldades levam a desentendimentos mas, dependendo da situação, conseguimos resolvê-los sem muito trabalho. A nossa maior luta, na maioria dos casos, é lidar com o que é criado dentro de nossa mente, porque nessas situações somos nossos maiores inimigos, e lutar contra nós mesmos não é nada fácil.

Nossos pensamentos são poderosos, e quando não estamos em um estado emocional positivo, eles passam a trabalhar contra nós e a implementar uma realidade bastante negativa em nossa vida.


Nossa mente produz pensamentos de dor, traição, insuficiência e fracasso, e nos convence de que isso é uma realidade, de que não somos amados verdadeiramente, que podemos ser facilmente trocados e que nunca conquistaremos nada de valor porque não somos merecedores.

Nossa mente nos manipula a pensar que as outras pessoas sempre estão nos julgando, comentando sobre nós e falando às nossas costas. Ela nos faz acreditar que até mesmo os nossos amigos não são confiáveis e que estamos sempre sozinhos, por isso devemos nos isolar.

Se não estivermos no controle da nossa mente, podemos ter a vida arruinada por alguns pensamentos.

Ao contrário de situações com outras pessoas, nós não podemos escolher ignorar ou excluir os pensamentos, eles fazem parte de quem somos e nos acompanham sempre. Por isso precisamos nos esforçar ao máximo para que nossa mente trabalhe a nosso favor. Devemos reconhecer todos os traumas que vivemos e as cicatrizes que deixaram em nós, e fazer o nosso melhor para nos curar.


Nossos pensamentos e, por consequência, nossas realidades são bastante influenciados por nossas experiências, e quando aprendemos a lidar com elas da maneira mais saudável possível, não precisamos mais lutar contra nós mesmos, podemos voltar a ter uma relação de amizade com nosso interior.

Se você não quer mais batalhar contra si mesmo, cuide-se, cuide de seus traumas e absorva as lições necessárias para seguir em frente.

Não devemos estar em constante luta interior, precisamos assumir o controle de nossa mente para que ela não coloque nossa felicidade em risco.

Cuide de sua mente e alimente-a com boas coisas, e você não precisará mais ser o seu maior inimigo.

 

 Direitos autorais da imagem de capa: Kleiton Silva/Unsplash.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.