A coisa mais importante em um relacionamento…

4min. de leitura

A coisa mais importante em um relacionamento. Concentre-se nisso, encontre um parceiro que o tenha, que o resto se resolverá…

Se você perguntar para qualquer pessoa, qual é a coisa mais importante em um relacionamento, você terá uma infinidade de respostas. Uma delas é confiança, comunicação, respeito, etc. Mas todas as respostas realmente se ligam a um fator singular: estabilidade emocional e autossuficiência emocional.



Sem isso, efetivamente, não há relacionamento. Com isso, tudo seguirá naturalmente.

Mark Manson, escritor, chama isso de “pessoas que administram bem suas inseguranças” ou “a capacidade de ver suas próprias falhas e ser responsável por elas”.

Leo Babauta em uns de seus livros usa o termo “emocionalmente autossuficiente”, dizendo:


“Nós procuramos a felicidade dos outros, mas essa é uma fonte não confiável de felicidade. E aqui está o ponto: não é tarefa deles preencher as nossas necessidades emocionais.”

Zaid Dahhaj descreve a autossuficiência emocional como “seu relacionamento consigo mesmo”, que é a mesma coisa, e ele continua dizendo:

“Se você não se amar completamente e garantir ativamente que suas próprias necessidades sejam atendidas, será difícil fazer o mesmo pelos outros.”


E quando digo sobre “garantir ativamente que suas próprias necessidades sejam atendidas”, não quero dizer “pedir ativamente aos outros que as encontrem”. Quero dizer “trabalhe ativamente para conhecê-las você mesmo ”.

Relacionamentos saudáveis não começam do ponto de vista de “carência”, “crise” ou “algo que falta”.

Ao contrário dos clichês populares, eles não tratam de encontrar nossa “outra metade” ou alguém para  que “nos complete”. Relacionamentos saudáveis são construídos apenas com pessoas que já estão completas.

Até mesmo as outras coisas importantes como comunicação, confiança, respeito, etc, fluirão e ocorrerão organicamente, caso a estabilidade emocional seja bem nutrida e colocada em prática por cada indivíduo (em relação a eles próprios, não aos outros).

Você promoverá bons valores e encontrará parceiros que os espelhem – se você tiver autossuficiência emocional e autorrespeito sólido.

Mas , você pode estar aí se questionado: Marcelo como consigo construir a autossuficiência emocional e o autorrespeito?

Existem muitos recursos melhores do que esta lista abaixo. Mas para lhe dar uma ideia, vou compartilhar com você esses pontos:

1. Sente-se sozinho

Sente-se “sem nenhum dispositivo ou distração, por alguns minutos. Olhe para dentro. Observe seus pensamentos quando eles surgirem faça o exercício de conhecê-los e, principalmente, explorar sua mente. ”


2. Aprenda a corrigir seus próprios problemas

“Se você está entediado, corrija-os. Se você está sozinho ou ferido, consolide-se. Se você está com ciúmes, não espere que alguém o tranquilize… tranquilize-se. ”


3. Tome responsabilidade

Só nos nós controlamos – não controlamos outras pessoas ou o meio ambiente. Descubra o que está dentro do seu controle real e concentre-se nisso.


Bom… agora você já sabe qual é a chave! Estabilidade emocional e autossuficiência emocional.

Concentre-se nisso, pois esses são os pilares mais importante em um relacionamento.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: teksomolika / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 30/03/2018 às 5:48






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.