publicidade

A conquista é uma arte eterna, que deve ser preservada nos relacionamentos

Temos de alimentar o amor constantemente, e qualquer vacilo pode colocá-lo em risco.



Como é bom o início de um namoro! É a fase da conquista! Nós nos esforçamos para chamar e prender a atenção do ser amado, sabemos de cor e salteado todas as artimanhas do encantamento e não poupamos esforços. Ficamos vigilantes nos gostos e fazemos de tudo para agradar.

Preparamo-nos para o encontro, separando o que há de mais novo e bonito no guarda-roupas, damos atenção redobrada ao cuidado com as unhas, cabelos e pele. Fazemos questão de usar nosso melhor perfume, fazemos questão de dar o melhor de nós. Tudo para agradar a quem mais amamos na vida.

Ficamos atentos ao falar e evitamos a todo custo dizer algo que possa ofender ou humilhar, pois queremos ver nosso amor feliz. Evitamos contrariar e deixamos o egoísmo da nossa imposição de lado.


Aprendemos a preferir o ouvir ao falar. Nossos cinco sentidos se tornam mais apurados, como nunca. Sentimos a suavidade do toque ou até mesmo a pegada mais forte.

O cheiro do ser amado nos agrada tanto que fica registrado na memória, junto com a vontade de aspirar aquele cheiro único o tempo todo. Tudo o que vamos comer, até uma simples pipoca, parece ganhar um novo paladar. Tudo fica mais gostoso quando comemos juntos.

As cores do arco-íris que, sem passar batido, mostram-se com nova roupagem e, dessa vez, com brilho infinito. Somos capazes de ver tudo com outros olhos.

Passamos a apreciar o dia ensolarado, o nascer do sol, o pôr do sol, o brilho da lua e das estrelas, o barulhinho da chuva e o cheirinho de terra molhada. Tudo se completa ao ver nosso amor.


Passamos a ter mais paciência com tudo e com todos. Ficamos mais leves. Nossos ouvidos se tornam aptos a receber com carinho o tom da sua voz que acalenta a alma. Qualquer melodia que ouvimos nos faz lembrar dele e dessa forma sentir sua falta.

Passamos a ver a beleza em todas as pessoas, ressaltando apenas as suas qualidades, deixando os defeitos de lado. Tudo numa harmonia sem igual, capaz de nos fazer suspirar de tanto que é gostoso. E nos abrimos para usufruir de cada instante e de cada detalhe dos momentos juntos.

O tempo voa e todo o tempo parece ser pouco com ele, queremos ficar ao seu lado 24 horas.  É por isso tudo que dizemos ser diferente a pessoa bem amada da mal amada. Mas a diferença principal está muito mais no saber e permanecer dando amor do que recebendo. O receber amor é consequência do dar amor.

O início começa com a doação, que será retribuída e se transformará em reciprocidade, em que os dois darão amor ao mesmo tempo, numa linda fusão de bons sentimentos que só fazem bem. O surgimento dessa nova energia construída ao dar e receber amor será real e dependerá dos dois mantê-la através da atenção e cuidados constantes. Temos de alimentar o amor constantemente, e qualquer vacilo pode colocá-lo em risco.

Então, independentemente das circunstâncias, mister se faz o hábito de continuar dizendo, todos os dias, “bom dia”, “boa noite”, com sorriso nos lábios, sentar-se à mesa posta com carinho para fazerem a refeição do dia a dia juntos, ouvir uma música ou ver um filme juntos, fazer uma pequena caminhada ou passeio de carro, dormir abraçados, dar um abraço sem motivo ou até mesmo roubar um beijo.

Pode-se ter a certeza de que a conversa fluirá naturalmente, seja para falar de si, de como foi seu dia, de algo engraçado, interessante e até mesmo triste. Vocês rirão juntos de coisas bobas e banais, pois se sentirão bem pelo simples fato de estarem juntos.

Vocês amadurecerão e crescerão juntos, somarão experiências e vivências, transformarão as diferenças em afinidades, pois construirão um relacionamento à base do amor e do respeito mútuo. E mais do que isso, ficarão vigilantes para manter a chama da paixão acesa, pelo menos tentarão com a arte da conquista constante.

Até mesmo nos dias ruins, em que um não quer ver o outro nem pintado de todo o ouro do mundo, o simples “bom dia” ou “boa noite” pelo WhatsApp fará a diferença, até as coisas se acalmarem e se ajeitarem novamente. Ou, quem sabe, o envio de uma simples figurinha de demonstração de afeto ou de um vídeo nada a ver os fará desarmar diante dos desafios.

E se tudo isso não der certo? Não importa, pelo menos você fez sua parte e sairá com a consciência tranquila e de cabeça erguida. Você deu o seu melhor para que o relacionamento desse certo, pois como todos nós sabemos, não dependerá apenas de você, e sim dos dois.

Se não deu certo, levante-se, sacuda a poeira e dê a volta por cima. Abra-se para o novo e novas experiências.

É muito bom ser feliz por si só, mas ser feliz acompanhado da pessoa certa é melhor ainda. É tudo de bom e do melhor.

Se já tem um grande amor, preserve-o com as armas da arte da eterna conquista. Viver um grande amor sempre valerá a pena e nunca será tarde para isso.

Mas, se não conseguir encontrar o grande amor, não se preocupe, pois antes sozinho do que mal acompanhado. O importante mesmo é ser feliz e pronto.

 

Direitos autorais da imagem de capa: Randy Kinne/Unsplash.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.