A dependência nos limita, mas o desapego nos liberta de todas as frustrações

4min. de leitura

Abandonar a dependência é termos a liberdade de construir a própria vida e sermos felizes com nós mesmos. É amar-nos e cuidar de nós acima de tudo!



A dependência é um dos fatores mais preocupantes em qualquer tipo de relacionamento, mas infelizmente é muito comum. Muitas pessoas se apegam de maneira não saudável a seus amigos, pares românticos e até a alguns membros da família, e dessa forma limitam a própria liberdade e felicidade.

Para essas pessoas, seus relacionamentos são a base de sua vida, o que há de mais importante, e deixam a si mesmas e os próprios planos de lado sempre que encontram alguém legal e que lhes ofereça o mínimo de carinho e atenção.

Elas não descobriram como viver felizes sozinhas, por isso sempre dependem de outras. Além disso, criam muitas expectativas e, na maioria dos casos, acabam frustradas e tornando tudo muito mais difícil.


Isso é preocupante, porque a maioria das pessoas estão apenas de passagem em nossa vida e, quanto mais dependentes nos tornamos delas, mas impedimos a evolução de ambos.

É necessário compreendermos que a dependência é algo ruim e, se quisermos viver realmente bem, precisamos valorizar o relacionamento com nós mesmos.

Quanto mais nos desapegamos das outras pessoas e nos concentramos na nossa vida, menos expectativas criamos em relação a elas e mais liberdade desenvolvemos, porque percebemos que só precisamos de nós mesmos para sermos felizes.

A dependência nos limita, mas o desapego nos liberta e nos mostra que somos suficientes para nós mesmos e que, antes de sentirmos algo verdadeiro e forte por alguém, precisamos nos amar para entender que uma relação deve ser um complemento e não o foco de nossa vida.


Nem sempre é fácil abandonar a dependência, até porque ela costuma ser fruto de experiências que vivem dentro de nós, mas eliminá-la é um dos melhores autoinvestimentos que podemos fazer, porque nos renova e apresenta um novo mundo, onde podemos ser felizes e realizados, sem a necessidade de uma pessoa ao nosso lado.

O fim da dependência marca o começo da liberdade emocional, em que vivemos um dia de cada vez, colocando a nossa felicidade acima de tudo e tratando os relacionamentos com melhor consciência, sabendo que o vínculo mais importante que temos sempre será com nós mesmos.

Quando nos libertamos da dependência, damos início à melhor fase de nossa vida, vivendo com autenticidade e sem expectativas e restrições. E isso é algo que todos nós merecemos!

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.