3min. de leitura

A fé é o alimento da resiliência, nosso alicerce impulsionador

Desafio + fé: bases da resiliência!

O ser humano, do mais jovem ao mais senil, normalmente vivencia ou vivenciou momentos difíceis, obstáculos quase que intransponíveis, dores praticamente insuportáveis, os quais representaram um desafio e, quanto maior este, maior será a prova de fé e, portanto, de resiliência. Resiliência tal que representa a força no nosso “erguer-se a cada queda”, do nosso “superar os obstáculos”, dos mais simples, aos mais imensamente inalcançáveis e, quanto maior a força, mais firmes e fortes nos tornaremos, mental e espiritualmente!


A “arma” é a própria fé. A fé é o nosso alicerce impulsionador, após cada queda sofrida; ela é o alimento da resiliência.

Sem ela, todo sofrimento será em vão e não poderá ele ser utilizado como meio de alcance também da sabedoria, pois esta é o destino de quem se torna resiliente; de quem tem o espírito profundamente entregue à divina!

Quanto mais avançarmos na jornada terrestre, normalmente tortuosa e que se torna cada vez mais penosa a cada passo, mais seremos colocados diante da possibilidade de nos tornarmos resilientes.


Desafios, desafios e mais desafios! Nada é perdido! Nenhum sofrimento será em vão, se soubermos tirar frutos positivos dele.

Tudo apresenta os dois lados, até o sofrimento. Há bons frutos que poderão ser colhidos dele e todos plantados, paulatinamente, em nossas almas!

Sabedoria, resiliência e tantos dons mentais e espirituais são construídos com tijolos desafiantes de superação.

Deixe-se ser desafiado pela vida, mas esteja munido de fé! Tenha como meta a resiliência e, assim, alcançará a sabedoria plena!


Desafio + fé: bases da resiliência!

Qual o seu nível de superação a cada desafio imposto? Qual é o seu grau de resiliência?


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF/fizkes.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.