A felicidade se esconde no simples, sábios são os que a encontram…

Pessoas sensatas e gratas são aquelas que levantam todas as manhãs com o coração saltando e com os olhos abertos para enxergar aquilo que realmente é importante, aquilo que tem valor para fazer a diferença em nossa vida.

Felizes são aqueles que enxergam os detalhes e em seus reflexos encontram a verdadeira felicidade, oculta aos que, ingenuamente, procuram a felicidade em grandezas sem valor nenhum.

Temos que aprender a dar valor ao que não nos enche os olhos, mas que preenche os espaços do nosso coração e transbordam em nossa alma, coisas que transformem o nosso olhar para que ele passe a enxergar a essência embutida em cada simplicidade e a importância daqueles que sabem enxergá-las.

Só os de coração puro dão valor ao que muitos nem se importam: já parou para contemplar as simplicidades cotidianas? Seja a beleza de uma flor, o encanto do canto de um pássaro, o sorriso sincero de uma criança, uma gentileza em pleno acontecimento, o brilho das estrelas? Se não, passe a enxergá-las e verás como seu interior irá se transformar.

Por isso, a felicidade se esconde no simples, sábios são os que a encontram. Para encontrá-la, é preciso os olhos da alma abertos e os sentidos do coração sempre em pleno funcionamento, pois o raciocínio, muitas vezes, deixa passar aquilo que, de fato, importa, pois, por serem coisas tão simples, enganam o nosso raciocínio.

Por isso, devemos treinar os nossos sentidos para enxergarem e sentirem além do aparente.

O aparente todos veem, mas valor de verdade encontramos naquilo que está escondido e que guarda a beleza da simplicidade.

Não é incomum que o simples sempre me encante, porque ele é a verdadeira face de tudo aquilo que me preenche. Nunca fui de ser feliz com exageros ou com coisas grandiosas. Por isso, nos corações mais simples residem as maiores riquezas, pois guardam tesouros que dinheiro nenhum é capaz de comprar e cada simplicidade na qual prestamos atenção é uma pérola preciosa que se guarda em nosso coração…

Nada nunca se comparará às simplicidades que fizeram morada em nosso interior, qualquer grandeza é mero detalhe se comparado àquilo que, de fato, tem o poder de nos tornar pessoas melhores.

Quem enxerga o simples também enxerga as injustiças e sofre com elas, quem enxerga o simples tem a sensibilidade de viver a plenitude da vida e de mergulhar em seus mistérios mais ocultos.

Esses que ainda conseguem enxergar o simples são pessoas em extinção porque hoje em dia as grandezas tolas tomaram conta dos corações das pessoas.

Felizes são aqueles que se lembram das simplicidades da infância e guardam a capacidade de se encantar com elas, mesmo quando adultos.

Ser feliz é simples demais para quem sabe enxergar a felicidade em cada simplicidade que encontra em seu dia a dia.

Por isso, que guardemos os nossos corações sempre puros e sem arrogância para que possamos contemplar as doses diárias de felicidade que escapam àqueles que procuram a felicidade em grandezas desimportantes.


Direitos autorais da imagem de capa: wall.alphacoders / 446602



Deixe seu comentário