Notícias

“A gente tem que falar que não foi legal, que não brinca assim… aí mudamos as coisas”, diz João

Em paredão triplo contra Pocah e Arthur, professor foi o mais votado da semana, mas ele afirma que não tem “nenhum grande arrependimento”.



Em entrevista ao “Mais Você”, João foi entrevistado por Ana Maria Braga para falar um pouco sobre sua trajetória no programa BBB21. O professor saiu do programa depois de receber a maior quantidade dos votos em um paredão contra Arthur e Pocah, ele disse estar tranquilo e ainda afirmou que não tem nenhum arrependimento, já que levou suas relações de forma muito natural.

A apresentadora perguntou ao ex-brother se ele adota essa postura “calma” para vida, estendendo em todas as relações, e João respondeu que muitas pessoas dizem que é preciso não ser amigo dos alunos, mas que gosta de ouvir cada um deles, e que ouvir é algo que tem trazido muita reflexão. O participante explicou que a postura que teve no jogo foi a mesma que adota em sua profissão, sempre tentando lidar com os conflitos.

Ana Maria Braga relembrou que o participante defendeu Lucas e Gil depois que eles protagonizaram um beijo em uma festa do programa. Naquele momento, alguns Brothers questionaram a veracidade do sentimento deles, acreditando que aquilo era apenas para “chamar atenção do público”.


João explicou que, para ele, era uma questão muito séria, já que sexualidade não é uma coisa questionável. O beijo acontece, as pessoas se desejam, e não tem como questionar a veracidade de um beijo. A sexualidade não é questionável, e questionar se foi real é algo muito delicado.

Durante um Castigo do Monstro, João viveu uma situação que provocou revolta e tristeza com Rodolffo. Na ocasião, Rodolffo e Caio precisaram usar uma peruca e, quando colocaram, o cantor disse que eles estavam com o cabelo parecido com o do João. Naquele momento o professor preferiu ficar calado, mas três dias depois desabafou sobre o ocorrido, durante o jogo da discórdia.

Para ele, é preciso tocar nos assuntos, mesmo que eles sejam considerados difíceis, porque é só assim que será possível mudar as coisas. Ele revelou à apresentadora que ficou muito feliz por ter conseguido encarar aquela situação, e sequer acredita que Rodolffo seja uma pessoa ruim por ter feito o infeliz comentário.

Ana Maria mostrou o pedido de desculpas do cantor sertanejo no programa, e a atitude contagiou João, que disse que é exatamente dessa forma que as pessoas devem se comportar, reconhecendo o erro e aprendendo a não cometê-los uma segunda vez. Para o professor, a atitude incide em um erro grave, e, para esse tipo de situação, que envolve preconceito e racismo, é preciso aprender para não fazer novamente.


Alok “apadrinha” 4 cidades com seu Instituto e doa equipamentos para refrigerar vacinas

Artigo Anterior

Menino pede ajuda à PM para conseguir ver o pai no aniversário, e é surpreendido com festa

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.