5min. de leitura

A importância da cura emocional diária

As emoções dominam nossa vida, pois somos seres emotivos.


Temos de priorizar nossa saúde emocional, buscando acompanhar e curar nossas emoções diariamente, sob o risco de resultados devastadores e imprevisíveis, se não fizermos isso.

Não levamos a sério as feridas emocionais, pensamos que são “bobeira” ou “coisa da mente”, parece que não são reais, afinal, não conseguimos tocar ou vê-las.

Se você tropeça e rala o joelho, logo vê a ferida, está lá, suja, sangrando, e você naturalmente toma precauções imediatas, lavando a ferida, aplicando antisséptico, Band-Aid, etc. E aí você acompanha a ferida para ver se está sendo curada bem. Mas a ferida emocional, achamos que não importa. E isso é um enorme perigo. A ferida emocional pode destruir sua vida, acabar com seu bem-estar e até levar à morte, sua e de outros.


Podemos até traçar as origens das feridas emocionais, mas o resultado delas, a ciência comprova, é imprevisível. A única certeza é que haverá consequências, e não serão boas.

Atenção! A ferida emocional tem um complicativo adicional: ela exige sua atenção. Ela não vai sumir por conta própria. Outras coisas na vida podemos ignorar a vida inteira: dúvidas sobre a alma, Deus, de onde viemos, para onde vamos… Dúvidas da maior importância, mas podemos ignorá-las a vida toda, como muitos infelizmente fazem.


Mas a ferida emocional é diferente, ela fica sugando energia mental, demandando atenção. Em termos neurológicos, sempre que sua mente entrar no “modo-padrão”, lá estará sua mente girando em círculos por causa das emoções. Você já deve ter experimentado isso. Quando está lidando com emoções mais intensas, a mente simplesmente não funciona bem, fica anuviada. Você perde a clareza mental e, certamente, perde a paz.

Consequências físicas

A ferida emocional cria confusão mental, que se intensifica e se aprofunda a cada nova ferida. Vivendo de forma confusa, naturalmente causamos mais feridas emocionais, nosso desempenho profissional piora e nossos relacionamentos se tornam ainda conflitantes.

E, claro, não estou nem falando ainda das manifestações físicas que essas feridas emocionais vão lhe trazer. Pesquisas no mundo inteiro apontam a conexão entre fraca saúde emocional e câncer, por exemplo. Por isso eu amplamente recomendo que tenhamos o maior cuidado possível com as emoções, estabelecendo em nossa vida o objetivo da cura emocional diariamente.

No final de cada dia, tire uns momentos para analisar suas emoções, tente identificar, com precisão, o que está sentindo e se houve alguma ferida emocional nesse dia – quase todos os dias temos feridas emocionais, não se iluda quanto a isso.

Examine, observe e direcione a luz de sua consciência para os acontecimentos do dia para atritos, relacionamentos problemáticos e situações que lhe deixaram sentindo mal. O que não podemos fazer é deixar passar em branco, comendo a gente por dentro, destruindo nossa paz interior e nossa capacidade de viver bem.

Você vai saber que a ferida está curada quando conseguir se lembrar dos eventos que a envolvem sem nenhuma reação fisiológica. E, melhor ainda, pelo fato de que logo os eventos serão completamente esquecidos, desmanchando-se no rio do tempo.

Com sua saúde emocional em dia, você poderá ser a melhor versão de você. É isso que importa.

Você poderá ser você livremente e dedicar energia e força mentais para melhorar, aprimorar-se e se realizar. Você conseguirá trabalhar melhor, será melhor companhia e uma presença mais luminosa no mundo.

 

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF Imagens.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.