A insônia pela visão do caminho do yoga

Insônia afeta uma em cada 10 pessoas.

Como lidar com isso? O que podemos fazer?

Aqui vamos abordar o tema pela visão do caminho do yoga.

Veja aqui meu vídeo sobre este tema!

Insônia é um chamado. Algo não está bem. Tem algum problema com seu corpo ou com sua mente. Mais provavelmente é a mente.

Uma mente agitada não pode ter sono. A mente não quer desligar. Muitos “aplicativos” mentais estão abertos, muita coisa sendo processada.

Em termos bem simples, o caminho do yoga, as práticas do Caminho 3T, em especial a meditação e mindfulness, visam dois objetivos grandiosos: pacificar a mente e direcioná-la.

Pacificar a mente serve justamente para gradualmente diminuir a fervura da mente, reduzir o blá-blá-blá e interromper os processos mentais dolorosos.

Direcionar a mente tem o propósito de assumir comando de seus pensamentos, sabendo evitar aqueles que são dolorosos e inúteis e manter a mente no aqui e agora, no dharma e no divino.

Com a mente voltando para o passado, revendo problemas, ruminando e lamentando, não tem como dormir. Com a mente indo para o futuro, cheio de ansiedade e medo, não tem como dormir. A mente ficará querendo “resolver” os problemas apresentados. Só que eles não vão ser solucionados. Não tem solução para coisas do passado e do futuro. Enquanto sua mente estiver no passado e no futuro, haverá sofrimento, haverá ansiedade e medo.

Temos que mudar o foco, o direcionamento da mente. Isso naturalmente traz a pacificação da mente.

Mas não é fácil, não é simples. É todo um processo. No Caminho 3T eu explico 5 campos de perfeição, 5 grandes áreas para você gradualmente aperfeiçoar o funcionamento de sua mente. Temos que trilhar este caminho, passinho por passinho, para construir uma vida cada vez melhor.

E aí tem o lado físico. Se o corpo não funciona direito, o sono vai sofrer. Aí entram dicas práticas de uma vida saudável, especialmente visando o bom sono:

Evitar álcool. Eu sugiro que evite álcool de tudo. Mas mesmo do ponto de vista só da insônia, uma pesquisa da London Sleep Centre mostrou que o álcool atrapalha o sono (e também pode causar o ronco!). Beber cronicamente causa insônia, concluíram.

Evite drogas em geral, e certamente cafeína. Interessante que muitos especialistas recomendam evitar também remédio para dormir, para quem tem insônia. Até porque nenhum remédio consegue induzir o verdadeiro e restaurador ciclo de sono natural.

Comer leve à noite. Muito se recomenda comer bem no café da manhã e almoço, e aí quase nada ao entardecer e noite. “Tome café da manhã como um rei, almoce como um príncipe e jante como um mendigo”, diz a frase popular. Funciona para o bem-estar em geral, controle de peso e para dormir melhor.

Faça exercícios. Muitas pesquisas comprovam como o exercício tem um papel fundamental na qualidade do sono e no combate a insônia.

Além dessas, tem as dicas práticas para dormir bem. Tem muitas, pode pesquisar, mas incluem:

Não ficar olhando telinhas claras antes de dormir. O cérebro vê aquela luz toda e interpreta isso como o sol, liberando uma química de despertar, não dormir. Interessantemente, a luz azul desperta ainda mais. Melhores tons vermelhos, alaranjados. Alguns aplicativos dão a opção de deixar a tela alaranjada ao entardecer por essa razão.

Dormir num ambiente muito escuro e um pouco frio, livre de barulhos.

Não deixar a insônia virar fonte de ansiedade adicional.

Se não dormiu, aproveite. Use o tempo para fazer algo construtivo. Vai estudar, ler, ouvir uma palestra bacana sobre autoaprimoramento e autorrealização, meditar… sem estresse.

Aproveite. Tem um lado positivo. Um momento de fazer coisas enquanto o mundo dorme e tem mais paz.



Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123rf / stokkete



Deixe seu comentário