Notícias

“A luta pela vida continua, com você ao meu lado, a vontade de vencer é gigante”, diz Bruno Covas ao filho

Prefeito de São Paulo faz novo tratamento e segue internado, mas continua lutando pela vida.



Bruno Covas internou no dia 15 de abril quando por meio de exames, foi constatado metástase do câncer nos ossos e fígado. De acordo com esse novo quadro clínico, ele foi submetido a um novo tratamento, mas a alta hospitalar precisou ser adiada por causa de líquido contido em seu abdômen e nas pleuras, camadas que revestem os pulmões.

Segundo as informações do G1, Bruno foi internado para tratar novos focos de câncer que apareceram em seu corpo. Na segunda-feira, dia 26 de abril, em suas redes sociais foi postado que ele continuava a lutar pela vida e com uma vontade gigante de vencer.

A postagem homenageou seu filho Tomás, adolescente de 15 anos. O prefeito escreveu que pelo garoto, irá enfrentar, combater e vencer a doença, pois a luta continua e com o filho do lado a vontade de vencer é ainda maior. Agradeceu por todo o apoio do garoto e concluiu dizendo que o amava.


Foi durante a realização dos exames de controle que a equipe médica descobriu novos focos de tumor nos ossos e fígado de Bruno. Na semana anterior, ele apresentou uma piora no quadro de saúde, e líquido no abdômen e nas pleuras foi identificado.

Drenos foram colocados para retirada e suplementação nutricional também foi iniciada para tratamento. A primeira internação de Covas foi em 2019, por conta de uma infecção que evoluiu para trombose e coágulos na perna direita.

Acabou subindo para os pulmões, causando embolia. Durante os exames para localizar esses coágulos, médicos perceberam o câncer na região entre o esôfago e estômago, já com metástase no fígado e linfonodos.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@brunocovas.


Bruno Covas passou por oito sessões de quimioterapia e os tumores regrediram, mas não o suficiente para combater o câncer. Outro tratamento com imunoterapia foi iniciado.

Depois de ser reeleito nas eleições municipais em 2021, Covas anunciou uma nova fase de tratamento, sendo necessário tirar uma licença médica de 10 dias, submetido a radioterapia. Foram previstas 24 sessões complementares. Em abril, foram detectados novos pontos de câncer nos ossos e fígado. Mesmo com o diagnóstico não sendo animador, Bruno segue confiante ao tratamento!

Depois de uma espera de 30 anos, nascem os primeiros filhotes de Ararinha-azul na Caatinga

Artigo Anterior

Caso Henry Borel: diferenças entre primeiro depoimento de Monique Medeiros e carta na cadeia

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.