A maturidade espiritual nos permite chegar mais perto, ver mais longe e silenciar mais fácil

Maturidade espiritual: a força do amor!  – Quando se descobre a força do perdão, da compaixão, da gratidão, da empatia, da humildade, da consciência e responsabilidade, daremos o melhor de nós. Assim se caminha em direção à maturidade espiritual.

Quando se acredita no que se sente, estamos no caminho da nossa verdadeira vontade. Esse é o estímulo, o eixo que nos religa à espiritualidade, que nunca esteve fora de nós. Ela nasceu conosco, acompanha-nos desde sempre. Esta existência física e tantas outras apenas servem para resgatar e aprimorar o que de mais puro há em nós.

É em cada agora que encontramos a oportunidade de consolidar a maturidade espiritual. Em cada aprendizado, em cada cura, em cada virada de página aproximamo-nos mais um pouco daquilo que, usualmente, chamamos de “ficar mais espiritual”. É claro que tal estado não existe tal como usualmente se verbaliza e aplica, uma vez que a vida não existiria sem o ser espiritual que somos.

Maturidade espiritual refere-se, isso sim, ao crescimento pessoal, ao que, com a força do amor, se transforma, entende, mas sobretudo se sente. Esse é o verdadeiro valor da espiritualidade.

Ela não existe dissociada da vida, porque ela é a própria vida. Só assim, só conhecendo, aceitando e acolhendo cada uma das nossas partes será possível observar o mundo que nos rodeia com um olhar diferente.

Quando se descobre a força do perdão, da compaixão, da gratidão, da empatia, da humildade, da consciência e responsabilidade, daremos o melhor de nós. Assim se caminha em direção à maturidade espiritual.

Consistência nos passos, dão a possibilidade de cumprir uma das mais importantes tarefas que trazemos enquanto seres espirituais. “Conheço e amo quem sou”. O estado de maturidade espiritual permite-nos chegar mais perto, ver mais longe e silenciar mais fácil.

Quando o coração estiver pronto, o rosto abrirá um sorriso, sem contrariar a alma. Em todo este processo, é preciso lembrar que será pelo caminho da aceitação que tudo se abrirá.

Na contínua resistência cultivaremos a permanência no mesmo estado de consciência. Prevalece o que mais for alimentado.

Pela força do amor mudaremos o mundo e honraremos o nosso propósito.

Através da maturidade espiritual de cada um caminharemos cada vez mais em direção à unidade de um consciente coletivo bem mais saudável!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF / ammentorp.



Deixe seu comentário