ColunistasSuperação

A mente de um campeão

A mente de um campeão

Havia muitos boatos sobre o programa de treino do mestre. Muitos diziam que ele conhecia um treinamento secreto, outros diziam que o tipo de nutrição que ele sugeria era algo desconhecido por pessoas comuns, e havia aquelas pessoas que acreditavam que ele tinha alguma ligação com os deuses.



Um belo dia um jovem atleta pediu por tudo, para que esse mestre o treinasse.

O mestre perguntou-lhe: “Por qual razão você quer que eu o treine?”

O jovem respondeu: “Porque eu quero ser um campeão e acredito que o senhor tem o treinamento, a nutrição e as dicas que eu preciso para chegar lá.”


O mestre asseverou: “Tudo bem, se você quer tanto ser um campeão, vamos marcar amanhã às 5 horas da manhã, nas margens do rio Eurotas. Lá eu lhe mostro o meu método; se você concordar, eu treino você para os próximos jogos.”

O jovem ficou com o rosto todo vermelho de felicidade e foi correndo para casa dormir.

Às 5 horas, em ponto, os dois estavam lá no rio para o primeiro dia de treino. Ventava bastante e muitos pássaros cantavam no local. O mestre, vestido com um roupão vermelho, iniciou com um aquecimento, ensinou algumas técnicas para o jovem e trabalhou bastante a repetição de exercícios.

O jovem, um pouco ansioso, falou para o mestre: “Estou esperando a parte mais importante do treino. Falta muito?”


O mestre respondeu: “Que parte importante? O treino já está no final, só falta mais um exercício para acabar. O treino não lhe parece importante?”

O jovem emendou: “Não é isso, é que a maioria das coisas que fizemos aqui, eu já treino, não estou vendo nada diferente.”

O mestre, não muito surpreso, disse-lhe: “Então a parte mais importante vem agora, venha até o rio comigo.” O jovem achou um pouco estranho, mas fez o que o mestre pediu.

Os dois entraram no rio Eurotas até ficar com água até o pescoço. O jovem, esperançoso, mas desconfiado, perguntou: “E agora?” O mestre, sem pestanejar, empurrou a cabeça do jovem para baixo d’água e segurou.


O jovem começou a se debater e, quando estava já perdendo a consciência, o mestre o trouxe de volta.

Chegando à margem, o jovem ainda assustado tentando recuperar a respiração, disparou: “O senhor é louco?”

O mestre retrucou: “Você não quer ser um campeão? Eis o segredo que muitos procuram.”

O jovem inquiriu: “O segredo é se afogar?”


O mestre perguntou: “O que você mais queria quando estava se afogando?”

O jovem respondeu: “Respirar. Não dava para pensar em outra coisa.”

O mestre finalizou: “Meu jovem, não existe nenhum treino especial, nutrição milagrosa ou pacto com deuses. A diferença está em como você treina, como você come e como você cuida dos seus pensamentos.

Quando você se dedicar à sua preparação com a mesma vontade que você queria respirar, você será um campeão. Essa é a verdadeira mentalidade dos campeões.”



 


A era que não deveria ser só digital

Artigo Anterior

O que você enxergou primeiro? responda e receba uma preciosa dica para o futuro!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.