Amor

A oração do nosso amor

Que eu descubra em você o que a vida tem de melhor, que seu sorriso seja nosso e nossa vida sempre feliz. Que nossos dias sejam doces e mesmo quando não forem, que o açúcar nos lábios não nos falte. Que no teu abraço eu encontre sossego e no meu ombro você encontre o amparo, a morte para suas dores. Que nossas mãos se entrelacem, nossos olhares se cruzem, nossos peitos se encontrem e nossas bocas pronunciem palavras com o peso da verdade. Que eu trabalhe e você também, que a gente acorde cedo e durma tarde, ou durma tarde e acorde cedo, mas que possamos dormir e acordar juntos, porque deitar ao seu lado é encontrar a paz que preciso para enfrentar a vida – nem sempre fácil. Que eu erre tentando acertar e você compreenda que fiz o meu melhor, que você acerte tentando me livrar dos erros e as falhas nos ensinem.



Que eu compre a coca cola e você a pipoca, que o descanso da poltrona do cinema levante e você incline seu corpo sobre o meu, ou eu sobre o seu, mas que a gente se incline e se mova com os olhos vidrados à diante, na tela ou na vida. Que eu fique acordado e você durma, ou você durma e eu permaneça acordado, ou que você acorde sempre antes, para que seu sorriso me saúde ao despertar em mais um dia. Que você corra e brigue para nos oferecer o melhor e que eu reconheça isso como uma oração ao nosso amor. Que você peça o vinho e eu a água, e a gente brinde, renove os votos, acredite. Que eu te abrace todos os dias e esse abraço dure o tempo necessário para que possamos nos sentir fortes. Que a gente ande juntos, a pé, no carro, de avião ou trem, lado a lado, ombro com ombro e quando isso não ocorra, que possamos carregar um ao outro no peito.

Que eu te olhe e você me entenda, eu me expresse e você compreenda, que nossos sorrisos falem e nossas vozes e preces sejam ouvidas. Que eu tenha fé e  você tenha fé, que a gente acredite que os dias, sendo fáceis ou difíceis, eu estou contigo e você comigo, e que a gente saiba que juntos, somos dois, logo, mais que um. Que tua família me aceite e eu os respeite, e a minha te respeite e eu os aceite, que juntos possamos ter a nossa própria família, uma casa, um cachorro e meia dúzia de boas gargalhadas ao longo do dia. Que eu leia e você assista a um filme, que eu tome uma dose de vodka e você um copo de suco, que eu reclame do calor e você do frio, mas, eu te entenda e você me compreenda. Que o amor seja maior que todos os ventos contrários que possam vir na nossa direção, como certa vez escreveu Caio Fernando Abreu, e que se não for, que os ventos sejam fracos e não mudem o nosso destino.

Que eu queira ir pro meio do mato e você pra uma selva de pedras e que a gente vá um final de semana lá, outro lá também, não esquecendo que no meio de tudo existe um cá, nosso canto, um lugar onde a gente deita, dorme e acorda juntos. Que eu dirija e você tenha o mapa, que você seja o norte e eu o piloto, e que se existir tesouros no meio do caminho, que possamos encontrar todos. Que chova e você tenha um guarda-chuvas, ou talvez que você não tenha medo de chuva, porque eu nunca tive e a gente pode dar boas risadas com isso.


Que o medo não nos visite e se isso ocorrer, que eu seja firme o suficiente pra te fazer entender que temos um ao outro. Que o nosso maior elo não sejam alianças, pingentes ou tatuagens, e sim o fato de que o amor reina entre nós.

E que no meio disso tudo eu seja sempre seu e você sempre minha, e a inveja não nos cruze, a dor não nos assole e o desamor não nos visite.
E o mais importante: Que eu te ame e você também se ame, e que eu me ame e você também me ame. E a gente se ame sem prazo, mas você compreenda se eu cruzar os dedos aqui e torcer para que seja pra sempre.

E será.


 

Fonte: Escrito por Alyryo Freire via Deu Ruim

Formas não verbais de dizer “eu te amo”

Artigo Anterior

Como a inveja atua em nossas vidas?

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.