4min. de leitura

A pessoa mais importante da sua vida

Não se trata de egoísmo, mas de sabedoria de vida. Ame a si próprio primeiro, para, então, amar o outro.


Queridos leitores, este tema diz respeito ao ângulo de visão pessoal que cada ser humano tem de si próprio e das pessoas com quem convive, e como esse posicionamento pode afetar sua vida.

É simples analisarmos essa questão. Vejam bem, se eu perguntar a cada um de vocês assim:

“Quem é a pessoa mais importante da sua vida?”

Muitas pessoas responderão: meus filhos; outras, minha esposa/marido ou mãe/pai, etc.


Observem que o foco no outro, seja quem for, tira de você mesmo o poder pessoal sobre sua vida. Isso o torna dependente das atitudes, dos pensamentos, do mundo particular que cerca e envolve o outro.

Quem pensa assim pautará sua vida como um satélite do outro, seja pai, mãe, filhos etc.

É muito louvável a dedicação ao outro, seja ele quem for, mas comumente quem age dessa forma geralmente não é reconhecido pelo outro, e vive a sofrer na expectativa do mundo particular alheio.


Essa forma de viver transferindo o foco para o outro enfraquece aquele que se dispõe a se dedicar ao outro e não valoriza a própria vida, as próprias realizações. Isso não é inteligente e normalmente causa muita frustração a quem age dessa forma.

Vejam bem, se queremos ajudar o outro (aquela pessoa tão importante em nossa vida), é preciso que estejamos bem conosco mesmos. Mas, para estar bem conosco mesmos, é preciso focar primeiro em nós.

A resposta sábia a essa pergunta é: “Eu sou a pessoa mais importante do mundo, do meu mundo…”

A pessoa mais importante da sua vida, do seu mundo, só pode ser você mesmo.

Valorizando a si próprio, fortalecendo sua autoestima, você pode fazer mais e melhor para as outras pessoas tão importantes da sua vida, dessa forma, você toma as rédeas da própria vida, porque, de outra forma, você entrega a direção da sua história ao outro, mesmo inconscientemente.

Ser bom para si mesmo, primeiramente. Entenda que, para ser bom para outras pessoas, você tem de primeiro ser bom para você mesmo.

Quer ajudar? Quer ser útil? Quer vibrar com a vitória dos outros? Quer estar sempre pronto como um autêntico “salva-vidas”, pronto para se jogar no mar para salvar o outro?

Perfeito. Mas imagine que um autêntico salva-vidas precisa estar muito bem e em perfeita forma para ter condições de ajudar quem está se afogando, isso porque, se ele estiver mal, serão dois a serem engolidos pelas ondas e a se afogar, e só aumentará o número de vítimas.

Essa é uma lógica indiscutível: primeiro você, sempre você, depois o outro, seja ele quem for.

Não se trata de egoísmo, mas de sabedoria de vida, portanto, paute sua vida sempre com você em primeiro lugar, e faça mais e melhor por suas pessoas queridas de forma que todos os envolvidos sejam beneficiados, e a alegria, o respeito mútuo e a satisfação de fazer o bem ao outro sejam causa de felicidade.

Ame a si próprio primeiro, para, então, amar o outro. Então responda, quem é a pessoa mais importante de sua vida?

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF Imagens.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.