ColunistasReflexão

A solidão é boa companhia para curtir a vida!

A solidão é boa companhia

A solidão é uma das coisas mais relativas que eu conheço. A solidão sempre me assustou. Mas ficar sozinho é diferente de se sentir sozinho.



Eu gosto de ficar sozinha. Considero uma loucura quando encontro pessoas que não conseguem se desfazer de relacionamentos tóxicos porque, entre a solidão e algo desconfortável, preferem estar ao lado de quem faz o melhor vinho parecer um vinagre.

Volto a dizer, manter um relacionamento só pra não ter que explicar por que está sozinha? Prefere dar satisfações ao mundo e desprezar o seu direito de ser feliz. Eu sou feliz sozinha. E se estou com alguém, só estou enquanto eu estou feliz e faço feliz esse alguém. De resto, não há como passar nem um segundo sem ser feliz.

Para a maioria das pessoas, não ter alguém para aparecer nas fotos e acompanhar no que seja ou no que for, é sim bem apavorante. Entendo. Mas não apoio. Prefiro colaborar com o meu bem-estar. Vá embora e me deixe aqui bem no meu canto, com a minha vida onde todos os dias têm sol.  A solidão pode ser uma companhia aceitável para tanta coisa, que penso bem antes de incluir mais alguém nos meus programas.


A solidão é boa companhia para curtir a vida, um pôr do sol, uma xícara de chá e um livro, uma cervejinha na beira da praia curtindo o movimento das ondas. Há tanto para se dizer!

Caminhar por ruas diferentes, conhecer lugares e novas pessoas. A relação mais importante que devemos cultivar é com nós mesmos! Somos as nossas melhores companhias. Portanto, solidão é uma das coisas mais relativas das quais eu  já ouvi falar.

Ficar sozinha é diferente de se sentir sozinha. Nunca me sinto só, porque se não me bastarem todas as coisas que gosto, ainda tenho a mim mesma e as pessoas escolhidas com muito cuidado para me acompanharem quando eu não quiser ficar sozinha.

Quando nos damos conta disso, percebemos que temos mesmo uma vida incrível e que vale muito a pena a gente cultivar essa amizade com a gente mesmo.


Quando encaramos a solidão como uma coisa boa, descobrimos que a nossa cama de casal tem mesmo o espaço ideal porque podemos nos espalhar confortáveis e nunca fica quente ou fria demais. Está na nossa temperatura ideal.

Quando chegamos a essa consciência,  descobrimos que a angústia de não aparecer sozinha nas fotos já não existe mais. Matamos aquela ansiedade de procurar alguém para ocupar o espaço vazio – que já não há mais – na nossa cama.

E então acontece algo muito interessante, passamos a gastar energia só no que vale a pena. Investimos só em relações que possam somar. Que possam serem melhores que ficar sozinho. Troco a solidão apenas pelo dobro de felicidade que posso ter estando sozinha.

Enquanto tivermos medo de nos sentirmos sozinhos e de passar momentos a sós com a gente mesmo e com os nossos gostos, vamos ficar presos ao círculo vicioso de relações que a cada dia que passa nos ferem mais e mais. E, olhando de fora, parece até meio um pouco doença isso. Tortura é andar com quem não nos completa ou nos dá apenas a chance de ter uma vidinha mais ou menos ou, pior, aquela vidinha em que se vai ficando triste e sem paciência, à medida em que o dia acaba e precisamos voltar para casa.


Vamos investir em relacionamentos que possam somar. Relacionamentos em que possamos ficar sozinhos, sem culpa. Mas juntos, verdadeiramente juntos e entregues um ao outro quando, assim, combinarmos.

Que a casa não seja uma prisão. Que se apetecer, cada um na sua casa também possa servir.

Acabou essa história de se acomodar. Deu de resmungar que a vida não o favorece. Que os outros são felizes, menos eu. Precisa isso? Vamos dar uma levantada neste astral, há vida lá fora e aqui dentro também!

E quando alguém vier com o papinho de que para ser feliz deve agir assim ou assado, interrompa e saia correndo. Não há fórmulas. O que há são vontades. E eu tenho tantas!


Encante-se! Apaixone-se! Ame muito! Mas comece por fazer isso com você! Relacionamentos de sucesso não são os da capa da revista ou das redes sociais. Relacionamentos de sucesso são aqueles que fazer a nossa vida ser melhor do que nunca pudemos supor antes. De maneiras indescritíveis!

Troco a minha companhia e divido a minha garrafa de vinho só com quem vale a pena. Só com quem, só de pensar ou ouvir a voz, já tenho um sorriso no canto da boca a brincar.

Só o que desejo para quem está lendo esse texto é um amor que não permita que você se despeça de si mesma para poder ser feliz ao lado de alguém que hoje está, mas que amanhã pode tudo mudar.



Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site  O Segredo: entuziast49 / 123RF Imagens


4 habilidades de pessoas com inteligência emocional desenvolvida

Artigo Anterior

Alegria de adulto é casa limpa e conta paga. Será?

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.