9min. de leitura

A sua missão de vida está bem longe da sua zona de conforto. Você vai ter que sair da caixinha para encontrá-la

Qual é a sua missão de vida?

Todos já ouvimos falar que viemos a este mundo com um propósito, uma missão, certo?


Mas quantos de nós sabemos o porquê de estarmos aqui? E quantos de nós nos perguntamos: mas afinal, que missão é essa?

Resolvi escrever o meu ponto de vista em relação a isso. Afinal, o que é missão de vida e como encontrá-la?

Existem dois tipos de pessoas. As que já descobriram qual o seu propósito e não estão fazendo por que as crenças ainda não deixam, e sofrem nessa busca e dualidade entre “eu sei o que eu deveria estar fazendo, mas não consigo, não posso, não devo” e as que ainda não descobriram e continuam no piloto automático, acordando, trabalhando, pagando as contas, dormindo, acordando, trabalhando…


Missão de vida é algo que viemos para fazer aqui na Terra, neste período que optamos por passar por algumas “tarefas” para evoluir, tornando-nos melhores, e seguir nossa jornada, como seres de luz.

Podemos ter vindo com vários propósitos, e não existe uma regra geral para todos, cada um tem as suas tarefas para cumprir, desde aprender a perdoar, aprender a amar, a servir ou qualquer outra, que não esteja a serviço do ego, e sim da nossa alma.


Sempre que ouvimos falar em missão de vida, associamos a algo grandioso, como um propósito muito grande e quando vemos as pessoas que parecem já ter encontrado a sua missão nesta vida, dizendo-nos como é essa missão, parece alguém muito grande, que se destaca ou que vai ser sempre feliz e realizado, igual a imagem do Buda, iluminado.

Muitas vezes as pessoas até encontram o que vieram fazer aqui, mas como não conseguem essa super felicidade ou iluminação, acabam por acreditar que não é aquilo ou que deve ser outra coisa.

Relacionamos a nossa missão de vida com um trabalho cheio de glamour, onde a pessoa acorda e sair sorridente da cama e passa o dia extremamente realizado fazendo aquilo, e será reconhecido por isso.

Eu não vejo missão de vida dessa forma. Tem uma história que ouvi e não me lembro direito, mas é mais ou menos assim. Certa ve , alguns homens ganharam alguns tesouros, e não souberam apreciar, utilizando-os de forma errada, então os Deuses, para castigá-los, resolveram esconder todos esses tesouros dos homens, e procurando qual lugar os homens nunca os encontrariam, começaram a pensar. Um dos Deuses disse, esconderemos no fundo do mar, lá os homens não os encontrarão. Outro disse, esconderemos no topo da mais alta montanha, e assim foram buscando locais de esconder esses tesouros. E Deus, muito sábio, disse: O homem é capaz de mover céus e terra, de ir à lua para encontrar o que deseja, mas jamais irá procurar dentro de si.

Esconderemos as maiores riquezas dos homens dentro deles. E assim o fizeram, esconderam todos os grandes tesouros dentro dos homens, para que fosse muito difícil de ser encontrado.

E assim é, até hoje. Os homens buscam as respostas milagrosas em tudo que é lugar, mas quando ouvem que a resposta está dentro de si, continuam a buscar outra resposta que agrade mais.

A missão de vida não está em lugar diferente, senão dentro de si. Não adianta você buscar todas as respostas fora, porque nada está fora. Tudo está em você. E eu sei que essa frase é clichê, e que cada vez mais se ouve falar dela, mas é isso que é.

A busca por sucesso, reconhecimento, fama, poder, dinheiro são armadilhas do ego, para nos tirar do que é importante. Nada disso que citei é ruim, mas como o ser humano usa isso ao longo dos anos é sempre ruim. A busca por excessos, que preencham um vazio, que só pode ser preenchido com esse olhar para dentro de si mesmo.

Como fazer o caminho para encontrar o que deve ser a minha missão de vida?

1. Reconecte-se com sua criança interior

Quando chegamos neste mundo, ainda sem muita influência externa do mundo, ainda antes de entender o que os outros esperavam de nós, a nossa criança dizia o que queria ser quando crescesse. Você lembra o que sua criança queria ser? Existe muita sabedoria nesta resposta. Porque a criança ainda não tinha medos ou as crenças que desenvolvemos com o tempo, como: isso não dá dinheiro, isso não pode dar certo para mim, eu não sou bom nisso, não sei lidar com isso, eu não tenho talento, tem muita gente fazendo isso, e muita gente melhor que eu. Não, a criança só tinha o desejo.


2. Olhe para as atividades que lhe dão prazer

O que você faria se não existisse dinheiro, fama, poder e ninguém o estivesse vendo? Esta pergunta é complexa e talvez você leve tempo para encontrar a resposta, mas isso certamente está ligado à sua missão nessa vida.


3. O que você faz quando está sozinho?

Quando você está completamente sozinho, o que você faz? Quais são os seus pensamentos? Você consegue parar para escutar o que seu corpo está dizendo? Ou você liga a TV, o rádio, vai logo para alguma rede social, pois não gosta de ficar consigo?

O caminho para sua missão de vida eu não sei qual é, mas uma coisa posso lhe garantir, ele é solitário. Ele não tem o glamour que parece ter, você estará na contramão do “comboio” das pessoas que acordam, trabalham, pagam boleto, dormem… e você vai se questionar muitas vezes se está mesmo no caminho certo.


4. Autoconhecimento

Você sabe o que você gosta? Sem influência do que os outros dizem ser bom. Você sabe quais são os seus defeitos, não o que os outros dizem que você tem, os que você descobre. Quais as suas maiores habilidades? No que você é realmente bom? Ou melhor, no que você é único e especial?

Todos nós temos uma caixinha de tesouro escondida dentro de nós, com maravilhas e dons únicos. Do lado de fora dessa caixinha, existem alguns monstros cuidando para que ninguém abra a caixinha, caso a encontrem. Esses monstros afloram nossos maiores defeitos, nossos maiores medos, maiores fantasmas, para que a gente não queira chegar perto e abrir a caixa. E é por isso que a maioria das pessoas não se conhece de verdade, fica só no superficial e prefere acreditar no que dizem dela, do que enfrentar os monstros e abrir a caixa.

A sua missão de vida está bem longe da sua zona de conforto. Você vai ter que sair da caixinha para encontrá-la.

No próximo post, escrevo como um pouco mais sobre o processo de estar nesse processo, consciente, acordado, mas ainda se sentindo distante desse propósito.

Espero que esse texto o ajude a pensar na sua missão e em como você pode se aproximar dela. Um abração, cheio de amor e paz para você!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: sandyche / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.