A única pessoa que o impede é você!

Uma vez um menino abatido e triste suspirou ao se sentar ao lado de uma árvore no campus de sua universidade. Ele estava meio perdido, inseguro da decisão que tinha que tomar. 



Estudou biologia nos últimos três anos por insistência de seus pais, mas o que ele realmente queria era seguir  administração.

Ele era apaixonado por negócios, mas seus pais, ambos  médicos, queriam que ele seguisse seus passos.

Frustrado e sem saber o que fazer, ele se afastou para uma parte isolada do campus da faculdade, e antes dele se sentar ao lado da árvore e expressar as suas inseguranças, ele disse:


“Eu não sei se posso fazer isso. Desistir de três anos da minha vida perseguindo o que é apenas uma paixão. Eu realmente não sei se eu posso.

Quando ele disse isso, de repente, uma voz soou bem próxima dele: “Você realmente não pode?

O menino ficou chocado. Ele olhou à sua volta, mas não havia ninguém.

Então, novamente, ele repetiu o que disse: “Eu não sei se posso fazer isso. Desistir de três anos da minha vida perseguindo o que era apenas uma paixão. Eu realmente não sei se eu posso.


E como esperado, ele recebeu a mesma resposta de antes: “Você realmente não pode?”

Incapaz de identificar aquela voz, o menino decidiu questionar a voz, ao invés  de focar no que ela dizia.

Então, ele pensou consigo mesmo e disse: “É, realmente, será que eu não posso ou sou eu que estou inventando desculpas?”

O menino pensou por mais algum tempo e decidiu seguir sua paixão. Ele mudou seu curso e passou mais quatro anos na universidade antes de dar início à sua própria empresa. Dez anos depois, ele vendeu a empresa e tornou-se multimilionário.

Décadas mais tarde, depois de se aposentar, ele voltou ao campus da faculdade em busca da voz sábia,  que uma vez o ajudou no passado.

Porém, ele não conseguiu encontrar aquela voz, foi  então que ele perguntou às pessoas que estavam ali ao redor.

Resumindo essa história, aquela  voz que ele  ouvia era de um papagaio que escapou naquele dia, pousando em cima da mesma árvore em que ele estava sentado.

E essas eram as únicas palavras que o papagaio sabia dizer: “Você realmente não pode?”

Conclusão: Muitas vezes, não percebemos  que  as respostas  estão todo momento a nossa disposição,  pelo simples fato de  não as querer perceber.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: bialasiewicz / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.