4min. de leitura

A vida é uma jornada feita de momentos

Uma incrível jornada! Cheia de altos e baixos, onde vivenciamos uma vasta gama de emoções condicionadas à percepção de mundo, crenças, valores, cultura desenvolvimento pessoal e amadurecimento emocional. Ou seja, de acordo com a vivência e assimilação dos eventos o que não edifica é transcendido.



Independente dos julgamentos quanto à qualidade destas emoções, a verdade é que são estágios da nossa evolução, inerentes a nossa condição humana e fazem parte da jornada! Tornam as coisas mais interessantes.

A vida pode ser comparada a um filme com momentos de drama, comédia, terror, aventura e ação. Onde às vezes somos os mocinhos – outras – os vilões. Há ainda aqueles momentos em que atuamos apenas como coadjuvantes na trama alheia. Em outros, somos figurantes, parte do cenário, passando completamente despercebidos.

Essa é dinâmica, fazer o quê?

Ou você aprende a ressignificar os eventos ou aceita que dói menos! Seguindo o fluxo dessa dinâmica. Existem histórias que iniciam e terminam. Outras que abandonamos no meio do caminho. Encontros, desencontros e reencontros.


Pessoas que entram, pessoas que saem e tem aquelas que permanecem.

Têm períodos solitários, períodos de socialização e outros.

Mas são apenas períodos, momentos, fases… como as estações do ano.


Algumas vezes precisamos de ajuda, apoio, incentivo. Outras, oferecemos auxílio.

Momentos intensos de aprendizagem que estamos tão resistentes que por vezes nos passam a sensação de estarmos presos em um “looping” que só cessa quando nos entregamos abandonando o “status quo”, a partir daí, vivenciamos verdadeiras metamorfoses.

Transformações pessoais, profissionais, financeiras, mentais, emocionais, espirituais e físicas, que geram momentos serenos, de sossego e contemplação.

E a vida segue proporcionando também momentos lúdicos e momentos de seriedade.

Momentos em que enxergamos tudo como um jogo. Algumas partidas ganhas, outras perdidas. Seja por falta de preparo, atenção e presença, por chegarmos atrasados ou simplesmente por não comparecermos.

Não importa! Ganho mesmo acontece quando percebemos que somos nós, o nosso maior adversário e esse papo de jogo é competição desnecessária se considerarmos a outra parte como integrante. Cada um tem as suas competições internas e isso já ocupa tempo demais.

Seguindo o fluxo…momentos de parada para ganharmos fôlego até a hora de seguir novamente. Pois a jornada continua, vida que segue.

Ter a consciência desta incrível jornada tão efêmera quanto seus momentos é exatamente o que nos mantém presente no momento atual descartando as neuras e pseudoproblemas criados para nos roubar a vitalidade e a paz de viver o aqui e agora. Ignorando sua brevidade, nos perdemos na ansiedade do próximo momento ou lamentações de outrora.

Momentos são apenas momentos, períodos, fases. Passam, assim como a vida! E você está fazendo o que com a sua vida? Com os seus momentos?  Vivendo no fluxo, resistindo ou ignorando-os? Ansioso, nostálgico ou presente?

Independentemente do que aconteceu ou aconteça, lembre-se que tudo passa e a vida segue.

Até quando? Não sabemos!

Por isso, liberte-se das amarras do passado formadas pela não aceitação dos acontecimentos e ansiedade quanto ao futuro que é gerada pela inércia diante do momento presente.

Então siga o fluxo e VIVA O SEU MOMENTO AGORA!


Direitos autorais da imagem de capa: Allison Heine on Unsplash


Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.



Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.