Animais

Abandonado pelo dono por ficar doente após 10 anos de trabalho, cão em condições deploráveis é resgatado!

Quando se tornou velho demais para continuar trabalhando, seu antigo dono o descartou, como se fosse um objeto.



A concepção de que os animais foram criados para satisfazer as nossas vontades é forte e faz parte do imaginário popular. Quantas vezes você não se deparou com um cachorro “cuidando” de um terreno, sozinho e sem alimento?

Quantas vezes não cruzou com um burrinho puxando mais carga do que seu corpo aguenta? Quantas vezes não reparou que aquele cavalo que levava pessoas a algum lugar estava exausto e com sede?

Em muitos momentos, nós nos deparamos com esse tipo de situação, que reforça a ideia de que somos nós que decidimos qual será o destino dos animais. Muitos levam uma vida de completo sofrimento, sem sequer conhecer a luz do sol, como é o caso das galinhas vendidas por grandes marcas, que passam poucos meses em um espaço do tamanho de uma folha A4, apenas engordando até o dia em que serão crucificadas.


Existem, sim, maneiras harmônicas de se conviver com os animais, respeitando sua dignidade e bem-estar. Mesmo a morte pode ser da melhor maneira possível, sem precisar sacrificar a vida, sem agressão nem tortura.

Mas, infelizmente, são vários casos de abusos dos animais, abandono, descaso e violência, sem que exista uma punição legal proporcional à maldade.

Um vídeo publicado pela Animal Hope Shelter mostra um animal sendo resgatado em condições deploráveis, considerado pelos veterinários próximo da morte. Estava em uma casa abandonada, desidratado, fraco e com desnutrição. As pessoas da vizinhança fizeram a denúncia, chamando uma ONG protetora dos animais que pudesse resgatá-lo.

Direitos autorais: reprodução YouTube/Animal Hope Shelter.


Direitos autorais: reprodução YouTube/Animal Hope Shelter.

O cãozinho chamado Marouf viveu com o mesmo dono durante uma década, apenas trabalhando. Foram anos precisando ser o cão de guarda que o cuidador esperava, mas, invariavelmente, por causa dos maus-tratos e da negligência, sua saúde foi se deteriorando com o tempo. O dono o descartou como se fosse um objeto sem valor, assim que percebeu que ele já não servia para o trabalho. Abandonou-o no meio da rua.

O cachorrinho vagou pelas ruas em busca de comida, esperando o dono voltar. Mesmo que o responsável fosse agressivo, aquela era a única forma de relação que conhecia, e passou dias esperando que ele aparecesse, mas foi em vão.

Direitos autorais: reprodução YouTube/Animal Hope Shelter.


Direitos autorais: reprodução YouTube/Animal Hope Shelter.

Conforme os dias passavam, a fome o deixava cada vez mais fraco, a ponto de nem sequer conseguir procurar comida. Aquela casa abandonada foi o teto que encontrou para passar seus últimos dias, mas a equipe de resgate não permitiu que isso acontecesse.

Marouf foi levado a um hospital veterinário, onde recebeu atendimento urgente. Foi diagnosticado com piroplasmose, uma doença causada pelos carrapatos e que colocava em risco sua integridade física. Marouf respondeu muito bem ao tratamento e, alguns meses depois, mostrou uma incrível recuperação!

Agora ele parece outro animal, como se nunca tivesse sofrido tanto, mas ainda precisa de muita paciência e calma, já que os traumas psicológicos ainda existem e ele já tem uma idade avançada. Ele merece passar seus próximos anos da melhor maneira possível!


Mulher denuncia violência mostrando ‘X’ vermelho na mão em farmácia

Artigo Anterior

Menina abandonada com leucemia é adotada por casal homossexual e após 8 anos está curada!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.