AtitudePositividade

Abandone o “é preciso ser assim”

[…] Achar que “tem que ser desta ou daquela maneira” é obstinação da inteligência superficial. A pessoa estabelece uma lei e passa a ter obstinação de que “precisa ser de tal maneira”. E por causa disso, se ela desrespeitar um pouquinho essa lei, o seu corpo ou se enfraquece ou fica doente.



Quando a mente se torna dócil, a Vida adquire a liberdade e recupera a saúde. No momento em que o indivíduo rompe a lei auto-restritiva do “precisa”, inventada pelo homem, desaparecem do seu subconsciente as prescrições do tipo “se não proceder assim, ficarei enfraquecido ou serei condenado à doença”.

Se a pessoa estiver com a mente libertada do “precisa” que determina “precisa fazer isto, precisa fazer aquilo”, ao mesmo tempo, que ela enriquece e torna felizes aqueles que a cercam, ela própria recebe a retribuição do seu pensamento benéfico, e jamais se tornará pobre.

O ensinamento que, libertando os homens de todos os “precisa”, vivifica o indivíduo, o lar, a pátria, o corpo carnal, a economia, o ambiente, harmoniza todas as coisas e faz prosperar mutuamente todas as coisas. […]


Masaharu Taniguchi

A paz natural

Artigo Anterior

A simplicidade imutável do bom coração

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.