ColunistasMotivação

Abre a porta da tua alma ao mundo!

Abre a porta da tua alma

Viver é uma bênção! Saber viver uma virtude. Por isso, de cada vez que abrimos os olhos para um novo dia, devemos entregar a nossa alma ao mundo para lhe ouvirmos a pulsação.



O mundo pulsa nas estradas feitas de nuvens que desfilam pelo céu. Pulsa nas flores que nascem na primavera, nos frutos das árvores, nas tempestades.

Bate à porta do mundo. Não te feches em ti. Ao teu redor existem cheiros, sabores, cores. Há gentes que, perdidas, te procuram no meio da multidão.

Entrega-te à vida. Sente a brisa da manhã, o frio que arrepia a pele. O vento que despenteia os cabelos, a água fria do mar nos pés. Sente a chuva no rosto. O calor do sol. Corre. Transpira. Deita-te sobre a relva verde. E respira fundo. Ouve as cigarras e os grilos nas noites de verão. Abraça. Abraça muito. Beija. Beija muito. Toca. Toca muito. Ama tanto quanto puderes e, se tiveres que chorar, chora. Chorar é a tua alma a falar salgado. Porém, também podes chorar de alegria. Nesse caso, fazes rodopiar a caixa de música que é o teu coração. Apaixona-te tantas vezes quantas Deus te permitir e sente as borboletas a esvoaçar pelo teu corpo. Deixa os teus olhos brilhar como as estrelas, mesmo que o teu corpo esteja envelhecido.


Cuida do teu semelhante que contigo se cruzar, semeia flores nas suas veias, nas artérias. Entrega-lhe sorrisos como rosas. Colherás frutos, beijos de carinho, amizade, amor, ternura.

Abre a porta da tua alma ao mundo, aos seres vivos: homens, animais, plantas.

E olha o mar! Olha-o com atenção. Quando a beleza se espalha com aquela dimensão, sentimos a divindade crescer no meio de nós. E ficamos pasmados. E ficamos deslumbrados. E ficamos encantados. O encantamento pelo mundo é o sentimento mais sublime por se estar vivo.

Ouve o silêncio. Se o ouvires com atenção, entrarás dentro de ti para compreenderes a tua missão no mundo. Por vezes, temos a sensação de que não nascemos com nada destinado. Não é verdade.


Todos temos algo a fazer. Temos de parar para ver e para ouvir. Para sentir e compreender.

Olhar o mundo, o que nos rodeia! Prestar atenção aos pormenores, aprender a cuidar, retribuir, agradecer, sorrir, mesmo que a dor muitas vezes seja forte.

Sabes, o universo está atento! Tudo é retribuído na medida em que for oferecido! Mas nunca esperes nada, porque Deus já te deu o seu melhor: a vida. Se soubermos viver virtuosamente, nascer-te-ão flores no coração e os teus olhos serão estrelas, fontes de luz para os que vivem de olhos fechados.

Se Deus te deu a bênção de nascer, faz por merecer essa graça. Se nasceste, fazes parte dessa magia do mundo: a arte de estar vivo!


____________

Direitos autorais da imagem de capa: stefanolunardi / 123RF Imagens

A vida é um eterno recomeço…

Artigo Anterior

A felicidade não está na linha de chegada – aprenda a ser feliz durante a viagem…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.