Notícias

Fiuk provoca revolta após comentário: “Acabou tudo na minha vida com a covid, tive que vender carro”

O cantor fez o comentário logo depois que os participantes descobriram que a imunização contra a covid-19 havia começado no país.



A pandemia do novo coronavírus alcançou seus maiores índices em março deste ano no país, mas a notícia de que a imunização da população é uma realidade causa esperança em milhões de brasileiros. Mesmo com os atrasos nos esquemas de vacinação e com a demora nas entregas de insumos, a passos lentos todos podem aguardar o momento em que vão poder receber sua dose.

Enclausurados na casa mais vigiada do Brasil desde a segunda metade de janeiro, os brothers e sisters ainda não sabiam que a vacinação em nosso território havia começado. Assim que receberam a informação, os participantes comemoraram, e começaram a especular sobre a ordem de prioridade e quando poderiam tomar sua dose.

Os cinco finalistas ficaram no jardim da casa, conversando sobre o entusiasmo que sentiam. Juliette, Camilla, Pocah e Gilberto discutiam a prioridade quando Fiuk se emociona. Ele se dirigiu à Pocah e disse com animação que eles finalmente poderiam voltar aos palcos. Mas o comentário a seguir foi o que gerou mais revolta nos telespectadores do programa.


Enquanto relembrava dos meses anteriores, Fiuk disse que tudo em sua vida tinha acabado com a covid, e que precisou vender o carro, perdendo tudo o que tinha. Muitos não gostaram nem um pouco do comentário classificado como “sem noção” do artista, até um pouco sem compreender onde cabia queixa da fala dele.

Enquanto alguns acharam graça do comentário, fazendo piada da situação, a maioria acabou afirmando que ele perdeu a oportunidade de ficar quieto. Nascido em família de classe média/alta, o artista foi criticado porque precisou vender um carro, como se existisse comparação com os 395 mil mortos no país.

É constante a crítica que os espectadores têm feito aos comentários considerados “fora da realidade” de qualquer um dos participantes, o que demonstra não apenas o engajamento do público com o programa, mas, também, a capacidade que tem de fazer críticas contundentes quanto ao atual cenário do Brasil.

A imunização mundial ainda está longe de acabar, e muitos ainda aguardam sua vez na fila dos postos de vacinação. Vale ressaltar a importância de continuar seguindo as medidas de segurança prescritas pelos principais órgãos de saúde do mundo, como manter o isolamento social, manter distanciamento, usar máscara N95 ou PFF2 e higienizar as mãos com frequência ao longo do dia. Para todos aqueles que têm a possibilidade e o privilégio de se manter dentro de casa, saiam apenas quando necessário, isso pode prevenir milhares de mortes em um futuro próximo.


Tribunal de Justiça aceita denúncia contra mãe, madrasta e “avó” de Ketelen

Artigo Anterior

Tenente que ameaçou estuprar e matar PM poderá ser expulso e preso, diz ouvidor

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.