Aceita que dói menos… Apenas, perdoe!

As pessoas, muitas vezes,  são altamente decepcionantes! Aceita que dói menos. “… apenas, perdoe”

É uma daquelas verdades que doem, porém, quanto mais cedo você souber melhor: As pessoas são altamente decepcionantes, quando digo as pessoas digo nós.



Estamos aqui por que erramos um dia. É normal, se um dia voltarmos a errar, porém, a grande sacada dessa vida é saber a hora de baixar a guarda, baixar o dedo que aponta.

Você tem ideia de como é péssimo, esse peitoral estufado, sem a mínima razão. É como estar em uma mesa de jogo com as cartas abertas esperando a o granfinale. Sério?  Poupe-me, poupe-se, que possamos poupar-nos a todos!

Você não é melhor nem pior que ninguém por perdoar, perdoar-se, ou como se diz na terra“fazer-se de bobo…”.


Acredite, às vezes abstrair é questão de sobrevivência. Pelo contrário, você está se ajudando e, é claro que, quanto mais você se ajudar, mais você vai ajudar os outros.

Quem sabe ao perdoar, você ensine aquela pessoa a perdoar, e o outro a mais uma, e assim nasce uma corrente do bem? Porém alguém precisa dar o primeiro passo.

Eu estou sempre aprendendo, sempre quebrando a cara e, por vezes, o coração das pessoas, isso me machuca? Sim. Eu gosto? Não. Planejo? Não, mas acontece, assim como muitos quebraram meu coração. E quando isso acontece, tenho a coragem de recolher meus cacos e recomeçar, apesar de sangrando, eu estou ali juntando a mim mesmo.

É dolorido, eu sei. Mas a dor também ensina, a diferença é que não nos damos conta do significado daquele tapa na cara .


Vivemos a consequência de nossos atos, fazer o que? Ser maduro o suficiente e aguentar o tranco; como diz minha mãe: seja firme! Repita isso algumas vezes, repita sempre, quantas vezes forem necessárias para não desmoronar. Saiba a hora de baixar a guarda, de assumir seus erros. Não digo para não ter sua opinião, mas pensar que a sua verdade não é a única verdade, no mínimo, o que devemos fazer é ouvir os dois lados.

Hoje eu vi pessoas me virarem o rosto, baseadas em sei lá o que, sem ao menos olharem o outro lado (o meu lado), julgando-me de acordo com opiniões de terceiros.

Eu sempre trato as pessoas, independente do que ouço pelos cantos, claro que fico de olho aberto, mas até fazer comigo, a minha linha de tratamento é de acordo com o que ela é comigo.

Viu? Logo eu que já tomei tanta pedrada, tomei mais uma. Somos alvo,  eternamente; quando o assunto é pedra, estamos sempre dando e recebendo, mesmo sem intenção, pois quem recebe: deu.

As pessoas são decepcionantes, você ainda vai ser muito decepcionado, e ainda vai decepcionar muito, pois não aprendemos a viver sem expectativas ainda.

Mesmo assim, ainda vale o perdão. Esteja disposto a perdoar; remoer não vai lhe trazer grandes descobertas e, acredite, você pode ter certeza da sua razão, mas só é a sua razão, não lhe cabe julgar.

Perdoe e siga em frente acreditando que nada nessa vida acontece em vão.

 ________

Direitos autorais da imagem de capa: stokkete / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.