ColunistasReflexão

Aceitar é preciso! – mesmo com imperfeições, aceito-me sem restrições

Aceitar é preciso site

Ao contrário do que a maioria pensa, aceitar não implica a ausência da vontade de mudar ou evoluir, na verdade, a aceitação é a condição inicial para a sua mudança.



Se aceitarmos de fato o que sentimos e o que somos, estaremos conscientes de nossas escolhas  e  o nosso desenvolvimento não será bloqueado.

Olhe para a sua imagem no espelho por alguns momentos e mesmo não gostando de tudo o que vê, experimente dizer a si mesmo:

Mesmo com imperfeições, aceito-me sem restrições


Continue se olhando, respire profundamente e repita isso por um minuto. Permita-se vivenciar o significado dessas palavras e sinta seu corpo relaxando. E mesmo que você não goste de certas coisas em seu corpo lembre-se que aceitar não significa necessariamente gostar,  mas apenas vivenciar, sem negar, que um fato é um fato.

Então, ao olhar no espelho aceite que o rosto e o corpo que você vê são seus e eles são o que são. E embora você não goste de tudo o que vê, mesmo assim diga:


Este sou eu. Eu me aceito como sou


Esse é um exercício de respeito pela sua realidade que criará uma relação mais harmoniosa consigo mesmo . Nossa atitude em relação à pessoa que vemos no espelho é sinal de amorpróprio.

Aliás é um grande equívoco relacionar autoestima somente com aparência física. Nossa boa ou má vontade para ver e aceitar a nós mesmos como somos tem sérias consequências sérias para nossa autoestima.

Somos sempre mais fortes quando não tentamos lutar contra a realidade. Quando aprendemos a aceitar-nos como somos, paramos de fazer dramas e evitamos torturas desnecessárias por situações que não podemos mudar.

Aproveite e separe alguns minutos agora para observar um sentimento ou uma emoção que você não consegue encarar com facilidade – insegurança, dor, inveja, raiva, tristeza, humilhação, medo.


Continue a perceber o sentimento e permita que ele exista (em vez de desejar que desapareça). Ao fazer isso, você estará explorando o mundo da autoaceitação.

O princípio que devemos sempre lembrar é que seja contra o medo, seja contra a dor, seja contra um sentimento negativo NUNCA FIQUE NUMA POSIÇÃO CONTRÁRIA DIANTE DE SUA PRÓPRIA EXPERIÊNCIA.

Se você rejeitar uma situação, intensificará os pontos negativos dela e se privará do aprendizado que poderia extrair.

“Concedei-nos Senhor, serenidade necessária, para aceitar as coisas que não podemos modificar, coragem para modificar aquelas que podemos e sabedoria para distinguirmos umas das outras.”  – R. Niebuhr


_____________

Direitos autorais da imagem de capa: mimagephotography / 123RF Imagens

Almas conectadas, pensamentos interligados, e uma imensidão a desvendar…

Artigo Anterior

Aprenda a dizer não! – você tem sim o direito de recusar, dizer que não quer e pronto

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.