ColunistasReflexão

Aceite os finais de ciclos. A vida é um constante renovar… e um dia você há de agradecer

Aceite os finais de ciclos.Depositphotos 374753224 s 2019 870x470 1

Deixa pra lá aquela pessoa que lhe prometeu mundos e fundos e abandonou você, quando seu coração menos esperou.



Deixa pra lá a frase feita, a atitude que esfriou, machucou, que não foi nada além do que um ciclo sem vínculo sincero, sem conexão de vida, sem interesse interior.

Deixa pra lá aquela pessoa que disse que levaria você com ela, que cuidaria de você pra sempre, que voltaria e jamais deixaria você partir.

Esse pra sempre, muitas vezes, pode não existir, pode falhar, pode lhe trazer grandes avarias emocionais.


Observe os sinais, observe o olhar, observe os passos pra ver se já andam por lugares diferentes.

Deixa pra lá essa coisa presa no peito, essa mágoa que aperta, essa invalidez emocional que não lhe deixa erguer a alma e prosseguir como deve ser.

Você merece mais do que carregar certos fantasmas em sua bagagem, merece se distanciar daquilo que não era pra ser, merece dar a volta por cima e centralizar o seu momento naquilo que induz você ao tempo certo que Deus lhe mostra e lhe diz.

O que já desacelerou, estacionou, não vingou, parou de se desenvolver, parou de criar aprofundamentos raros e necessários para o bem de uma relação honesta.


Aceite os finais de ciclos, aceite que a vida é um constante recriar, revelar, acontecer. Todo esse movimento energético, toda lucidez que lhe traz para algo mais salutar, abre espaço pra você se reencontrar e se retransmitir para a vida, para situações novas, para que você sinta que é meramente essencial estar bem.

Quando alguma luz se apaga ou alguma porta se fecha, você sabe que é hora de sair.

Saia desse lugar que lhe envolveu em um redemoinho de dor, saia desse peso que só lhe joga pra baixo.

Algumas pessoas não sabem o que fazer com o que têm em mãos, não sabem trazer pra perto, preferem o lugar mais longe, onde em nada possa esbarrar ou fortalecer.


Preferem roer a corda, fazer de conta de que não são culpadas de nada e que a obrigação de superar fica com você.

Deixa pra lá, porque um dia alguém vai olhar bem dentro dos seus olhos e sentir a verdadeira história que mora aí dentro.

Você será reconhecido a partir do momento em que algo mais profundo enraizar o ser.

Por isso, pare de atrair para seu pensamento quem já seguiu e está bem distante, está a milhares de quilômetros de distância do seu coração.


Isso não mais lhe pertence. Viva seu silêncio, saia de cena, respeite seu tempo. Volte mais viva, mais capaz, mais dona de si. Um dia você irá se agradecer.

Vai por mim, foi assim que eu aprendi.

 

Direitos autorais da imagem de capa: Depositphotos.


O silêncio diz muito. A falta de resposta já é uma grande resposta!

Artigo Anterior

Não importa como, acredite, Deus capacita os escolhidos!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.