Aceite sua dor e aprenda com ela!

3min. de leitura

Um Papo Sobre Dor…



Esses dias meu filho me perguntou: “Pai, qual é a pior dor que existe? ”

Costumo devolver as perguntas dele, para que ele desenvolva o raciocínio, mas desta vez resolvi responder clara e objetivamente:

“É esta que você está sentindo, meu filho! ”


Com olhos de espanto, me questionou: “Como você pode medir a intensidade da minha dor? ”

“Simples, filho meu: não existe pior dor do que aquela que estamos sentindo”. Aos 16 anos é comum sentir as dores da adolescência: inadequação, desejo, medo, enfim…

“E isso passa, pai? ”


“Sim, pode ter certeza. Mas enquanto não passa, deite-se no meu colo e chore à vontade”.

“Mas eu não preciso ser forte”?

“E desde quando chorar é sinal de fraqueza? Desde quando o sentir torna alguém menos preparado para a vida? ” Entenda uma coisa, meu filho: “através da dor, entramos em contato com os nossos sentimentos, nos conhecemos melhor e podemos mudar as nossas atitudes”.

“Então eu posso sofrer? ”

“Até pode, mas eu te aconselho a aceitar a dor como um fato, afinal, os fatos não mudam, eles simplesmente são como são. O que pode mudar é a nossa atitude diante do fato. Quando sofremos, geralmente negamos o fato causador da dor. Negar não resolve o problema, apenas o esconde sob o tapete das emoções”.

Aceite a sua dor, aceite o fato que gerou a dor e então aprenda com ele. Não é necessário sofrer.

“Temos como aprender a não mais sentir dor? ”

“Creio que não! Quando não houver mais dor, é porque não mais seremos humanos. Mas garanto que essa dor que você está sentindo hoje jamais será a mesma”.

“Por que, pai? ”

“Porque depois dela você terá evoluído: não será mais a mesma pessoa, estará mais preparado para a vida”.

“E então novas dores virão?

“Provavelmente, meu querido. E quando elas chegarem você vai considerar que sejam as piores dores do mundo”.

“Mas elas vão me fazer evoluir ainda mais, né pai”?

Sim, filho! Esse é um dos ciclos da vida.

“Que bom! Então que venham novas dores, novos amores, novos sabores”.

Sim, filho, que venha a vida!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.