Acredite em novos encontros, novos recomeços…a vida trará outras oportunidades…

Acreditar em novos encontros, novos recomeços nos dá a tranquilidade de que não é preciso viver cada dia como se fosse o último.

Viver cada dia com o se não houvesse amanhã. Quem consegue? Difícil para quem faz planos, tem sonhos, está à espera de algo ou de alguém.

Abraçar, beijar, sentar e conversar, ouvir, sorrir e chorar junto, ficar só mais um pouquinho como num último momento. Complicado. Não sabemos fazer isto. Até porque não compreendemos muito bem esta ideia de finitude da vida.

Quando alguém muito próximo parte, costumam ficar com a gente algumas culpas, remorsos, o pensamento de que poderíamos ter feito mais, ter sido mais amigos, mais companheiros, pais e mães melhores, filhos mais compreensivos.

Apenas em alguns momentos pontuais sabemos que podem, sim, ser as últimas semanas, os últimos dias, as últimas horas, como numa doença ou um acidente com graves complicações.

Temos quase sempre a certeza de que haverá novos encontros, novas mensagens, contatos. E o bom de acreditar na vida infinita é saber que, sim, haverá.

E quando a história aqui se encerra poderemos refazer uma outra em um outro plano com situações repetidas para nossa felicidade ou tudo novo e repaginado.

Há quem diga que, pensando assim, possamos adiar certas coisas, não resolver algumas pendências, deixar de fazer, não se prontificar. Isto, querendo ou não, vai acontecer, assim como o cafezinho, a cervejinha com os amigos, o jantar, a balada, a viagem que não aconteceu.

Porém, independentemente deste tal tempo que a gente não tem o menor controle se encerrar por aqui, haverá um jeito de nos vermos novamente. Quantos ainda mantêm contato com os que já se foram e os visitam de outra dimensão?

O desespero, a tristeza e o inconformismo que se encara com uma partida considerando a ideia do nunca mais precisam ser substituídos por uma espera serena e até uma feliz expectativa de que daqui a pouco, ou de hoje até um longo tempo pela frente, esta espera vai se findar, se o pensamento de que precisa ser hoje, precisa ser agora, porque amanhã, sei lá, parece agonizar dentro das pessoas.

Se for para pedir perdão, ter paz e ser feliz é necessário agir, mas é bom pensar que a vida trará outras oportunidades, outros novos recomeços.

Desta forma é possível relaxar, tranquilizar a mente, a alma…e que cada dia seja feito conforme tenha que ser, sem o medo de que talvez amanhã não dê mais tempo.


Direitos autorais da imagem de capa: Nghia Nguyen / Unsplash.



Deixe seu comentário