publicidade

Adeus, lares de idosos! A nova tendência é passar a velhice com os amigos

Os idosos também têm o direito de passar o tempo perto de seus amigos, e a coabitação é uma ótima oportunidade para isso!



Envelhecer é uma parte natural da vida, e muitas coisas mudam quando chegamos a essa fase. De repente, somos nós que estamos precisando de cuidados e reeducação de hábitos, e contando com o apoio de pessoas para exercer até mesmo algumas das atividades mais comuns de nossas rotinas.

A velhice é uma etapa da vida em que nós devemos receber de volta toda a atenção que oferecemos aos nossos filhos, netos, entre outros, mas nem sempre é assim. No mundo todo, existem muitos senhores e senhoras cuja única opção durante a velhice são os lares de idosos, pois não têm família por perto para cuidar deles.

Apesar de esses lugares serem preparados para atender aos idosos, geralmente, suprindo todas as suas necessidades, os idosos podem ficar muito tempo sozinhos ou longe de pessoas importantes para eles, por isso uma nova tendência está chamando bastante atenção: a coabitação de idosos.


A coabitação de idosos é uma comunidade onde essas pessoas possam estar em contato constante com os amigos, enquanto mantêm a própria privacidade. Cada membro da comunidade tem a própria residência e acesso a espaços compartilhados.

Por exemplo, os idosos têm suas casas, mas podem se encontrar em locais, como parques, academias, jardins, salas, bibliotecas.

Essa é uma ótima alternativa para os mais velhos manterem uma rede de contato significativa, em que a solidão predominante nos lares de idosos pode ser atenuada.

Alguns dos benefícios desse estilo de vida são:


  • Estar em contato com uma comunidade, onde há encontros sociais, eventos e conexão constante com pessoas importantes em suas vidas.
  • Mais privacidade, por terem os próprios ambientes, onde podem ficar sozinhos, até que desejem algum tipo de companhia.
  • Custo inferior, em muitos casos. Os lares de idosos são muito caros, por conta das instalações e profissionais que os acompanham mas, na coabitação, eles podem compartilhar determinados recursos.

Há também há pontos negativos, como a falta de profissionais capacitados 24 horas por dia, mas é uma grande oportunidade de envelhecimento para aqueles que não precisam de cuidados constantes e querem manter seu círculo de amigos e conhecidos.

A coabitação é algo que certamente pode trazer uma velhice agradável, e pode ser planejada ainda na juventude, com um grupo de amigos.

No Brasil, essa tendência está vindo aos poucos. Já falamos por aqui sobre um grupo de professores da Unicamp que está construindo a própria vila, com o mesmo objetivo.

O que você acha da ideia? Viveria em coabitação com os amigos?

Comente abaixo e compartilhe a ideia com os amigos nas redes sociais!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.