Notícias

Jovem armado com facão invade creche em Santa Catarina e mata crianças e funcionárias

Duas professoras e três crianças de uma escola infantil em Saudades morreram após ataque à faca.



Um garoto de 18 anos entrou em uma escola infantil na cidade de Saudades, Oeste de Santa Catarina. No atentado, duas facas foram usadas. Assim que conseguiu entrar na creche, o rapaz golpeou as vítimas com os artefatos e professoras também.

De acordo com informações do G1, em torno de 20 crianças estavam no local, sendo cuidadas por cinco professoras. A primeira pessoa que o assassino atacou foi Keli Adriane Aniecevski. Mesmo ferida, ela correu para outra sala, que tinha mais quatro crianças e Mirla Renner, de 20 anos.

O homem chegou até o local e continuou os ataques, matando Keli e três crianças. Mirla foi socorrida com vida, mas não resistiu. Todas as vítimas, incluindo as crianças, foram atingidas com pelo menos cinco golpes de facão. A única sobrevivente ao ataque foi uma criança de 1 ano e 8 meses, que está na UTI.


O jovem foi preso e levado ao hospital após dar golpes no próprio corpo. Seu estado de saúde é grave. Em sua residência, polícia encontrou 11 mil reais e duas embalagens de facas novas. Os três bebês atacados foram Sarah Luiza Mahle Sehn, de 1 ano e 7 meses, Murilo Massing, de 1 ano e 9, e Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8.

O crime chocou a cidade e a repercussão foi imediata. Segundo uma professora que não estava na unidade no momento do ataque, assim que o atentado começou a acontecer, funcionárias esconderam os outros bebês.

O 2° Batalhão da PM de Chapecó, prestou apoio a ocorrência e contou como a dinâmica aconteceu. Começaram a receber várias ligações de moradores e funcionários pedindo socorro por volta das 10h35.

Gisela Hermann, secretária municipal de Educação, afirmou que as cenas no local eram de terror. Assim que conseguiu entrar na escola, viu que tinha um corpo de um homem deitado no chão, mas ainda vivo, uma professora e uma criança, mortas. O Corpo de Bombeiros isolou a área.


O Governo do estado de Santa Catarina decretou luto oficial de três dias. O prefeito da cidade afirmou que todas as aulas foram canceladas na semana. Disse que o momento era de profundo pesar e tristeza, e que colocaram as equipes de saúde à disposição, psicólogos estão acompanhando as famílias. Segundo a polícia, o autor do ataque foi preso, mas tentou suicídio. Seu caso é grave e ele está no hospital.

Viaduto despenca com trem do metrô e deixa dezenas de mortos e feridos na Cidade do México

Artigo Anterior

Professora e agente educacional foram algumas das vítimas fatais em atentado a creche

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.