Adolescentes e boa convivência…

5min. de leitura

Adolescentes… Fase louca da vida! Passam os dias discutindo seus direitos, negando seus deveres, tornando tudo um grande evento, superlativos! São furacões determinados, donos da verdade, heróis invencíveis. São teimosos convictos, agem de acordo com suas próprias leis, inventadas, a cada dia, de modo diferente. São unidos entre si como membros de uma mesma tribo.



Difícil entender que o menininho carinhoso, que corria para os braços dos pais, aninhando-se em seus colos cresceu e se tornou um ser cabeludo e mal humorado zanzando pela casa, que mal te olha, a não ser para pedir dinheiro, toalha e comida. Mas tudo bem, você já sabia disso, afinal todos nós já passamos por essa turbulenta fase, e continuamos a depositar Fé, nosso amor incondicional e carinho com complacência e determinação, porque entendemos que os hormônios estão a mil e nosso bem mais precioso, nossos filhos, precisam de espaço para crescer, se expressar e se conhecer.

Mas te pega de surpresa a primeira resposta atravessada, o primeiro insulto sem dó, o desafio diário, a cara virada, o sarcasmo na voz (desafinada, por sinal) ou quando nossas sugestões e proibições soam como algo do outro mundo: Você está louca? Agasalho? Me esquece! Relaxa! Eu vou! Os pais passam a ser arcaicos, uns tyrannosaurus Rex, de heróis viramos os bandidos, ultrapassados e equivocados com o mundo deles, sim, nessa fase de grandes egos, o Planeta Terra é deles!

Para esses iniciantes do nosso velho e bom mundo, eu gostaria de deixar um pequeno legado, ou lembrete, ou ainda, uma singela dica para ajudar no dia a dia, uma boa convivência no lar… ei-la, com muito carinho:


1. Se você acordar com uma enorme vontade de irritar os seus pais, passe batido por eles, sinalizando apenas com a cabeça, para mostrar, com algum respeito, que você não está pra conversa! Nós entenderemos!

2. Caso o seu desejo de irritar seus pais persista e venha junto com a vontade de desafiá-los, lembre-se de que essas pobres pessoas o alimentaram, o vestiram e o acalentaram durante uma significativa parte da sua existência e, detalhe, apesar das suas mudanças de humor e ingratidão, eles continuam te bancando;

3. Quando vocês se sentirem ofendidos e invadidos com os excessos de carinho e preocupações, respirem fundo, contem até mil, e lembrem-se de que um dia esses cuidados foram fundamentais para a sua sobrevivência no mundo. Não banque o ingrato, sorria, engula a ofensa e suspire de amor por eles;


4. Caso você queira fazer o tipo revoltado, injustiçado, loucamente enciumado pelo seu irmão mais novo (ou mais velho, tanto faz), cale-se. Reflita com cautela. Você tem um teto, um irmão, tios e pais que se importam. Você faz parte de uma família e as famílias costumam mesmo enlouquecer a gente (estando ou não passando pela adolescência), tente rir disso;

5. Quando você achar que seus pais são dois tiranos e ditadores, tramando contra a sua felicidade, travando sua liberdade ou impedindo-o de viver, sossegue o facho, faça uma prece e recorra ao bom senso! Seus pais sabem um pouco mais que você! Nós sabemos quando irão se dar mal, só não conseguimos avisar a tempo ou fazê-los nos ouvir. Mas tudo bem, só se aprende mesmo por tentativa e erro, e, lembre-se: nós estaremos sempre ali, para acolhê-los depois dos tropeções e, os melhores nunca dizem: “não te avisei?”;

6. Ame seus pais acima de tudo, mesmo que isso soe muito cafona. Ame e carregue esse amor pela vida afora, esse amor conforta e acalenta em todos os momentos de suas vidas e nós faz nos sentir pertencentes a algo grandioso. Vocês só entenderão todo esse legado quando também se tornarem pais, até lá, nada os convencerá do contrário. As raízes que construímos, o solo fértil que dá frutos, o porto mais seguro, são nossa família. Sempre haverá na casa dos pais sua comida preferida, seu bolo especial, seus pertences e lembranças de outras épocas, os abraços mais apertados. Sempre será o lugar pra você vir e ficar, vir e ir… E sempre voltar! Jamais duvidem disso.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.