Família

Adotado aos 5 anos, homem decide acolher irmãos abandonados e se torna pai solo de 6!

Foto: Reprodução.
capafacebook Adotado aos 5 anos homem decide acolher irmaos abandonados e se torna pai solo de 6 filhos

O homem construiu a sua família de uma maneira muito linda!

A adoção muda não apenas a vida das crianças que ganham um novo lar, mas também a das famílias que se abrem para recebê-las.

Francisco Borges é um homem que teve sua vida impactada pela adoção muito cedo, e quando se tornou adulto, resolveu oferecer a outras crianças a mesma oportunidade que recebeu quando mais novo.

Ele relatou a sua história de vida em uma entrevista à revista Pais e Filhos, e tem comovido muita gente. O homem, que cresceu em São Paulo, foi abandonado ainda criança por sua mãe biológica nas ruas de um bairro nobre da cidade.

Após um tempo, foi encontrado por uma equipe da Febem e levado para a instituição; foi adotado por uma família quando tinha 5 anos.

Seus pais adotivos, negros, mostravam-se à frente de seu tempo, reconhecendo a importância da raça e do gênero na sociedade, bem como da empatia e da necessidade de pertencimento que todos sentimos.

O crescimento ao lado de sua família lhe trouxe conhecimento sobre a vida e um ambiente emocionalmente saudável onde podia crescer. No entanto, a realidade ao lado dos novos pais não durou muito tempo.

Sete anos após a adoção, quando Francisco tinha apenas 12 anos, perdeu a mãe adotiva para a leucemia. A sua morte foi um grande baque, pois o vínculo deles era muito forte, e infelizmente não foi a última perda que experimentou.

Três anos após a morte da mãe, Francisco se despediu do pai adotivo, que também faleceu. A vida se tornou bastante complicada, e o sentimento de solidão em muitos momentos o dominou, mas Francisco nunca desistiu de acreditar que as coisas iriam melhorar.

Conforme o tempo passava, seu desejo de ser pai se intensificava. Como experimentou perdas familiares muito cedo, ele queria construir a própria família para se sentir parte de algo.

Francisco, então, viu que poderia unir o seu desejo de pertencimento com o seu grande coração e construir a sua família da mesma maneira com a qual a sua começou: pela adoção.

O filho que lhe abriu as portas da paternidade foi Victor, que ainda era um bebê de fraldas quando chegou à sua vida. Na época, totalmente sem experiência, Francisco contou com a ajuda de uma babá para ingressar na vida de pai com força total.

Percebendo que estava se tornando um ótimo pai, ele resolveu abrir seu coração e sua vida para mais crianças e adolescentes. A segunda adoção foi a dos irmãos Gabriel e Maikon, de 11 e 9 anos, no começo de 2020, um mês depois de conhecer os meninos, que hoje carregam o seu sobrenome.

2 Adotado aos 5 anos homem decide acolher irmaos abandonados e se torna pai solo de 6 filhos

Direitos autorais: Arquivo Pessoal

A formação atual de sua família, com seis crianças adotadas, concretizou-se nos primeiros meses de 2021, quando o jornalista conheceu três irmãos do Espírito Santo por meio do programa de adoção “Esperando por você”, que visa encontrar famílias para crianças com poucas chances de encontrar novos lares.

O fato de serem três restringia muito a possibilidade de serem adotados, mas Francisco não se intimidou com o número e resolveu que queria saber mais sobre eles. Na metade do ano passado, viajou para conhecer os irmãos e percebeu que deveriam ser parte de sua família, e se esforçou para que isso acontecesse o mais rapidamente possível.

3 Adotado aos 5 anos homem decide acolher irmaos abandonados e se torna pai solo de 6 filhos

Direitos autorais: Arquivo Pessoal

Em agosto, eles foram liberados para se mudar para a casa do jornalista, e desde então ele convive com os seis filhos, a quem certamente oferece a melhor qualidade de vida possível.

Sua história é mais uma que mostra o poder de transformação da adoção. Que sua família seja sempre muito feliz e abençoada!

0 %