AmorColunistasComportamento

Agradeça aos amores perdidos… Eles são fontes de sabedoria e entendimento.

Amores vem e vão, ou vem e ficam, as vezes breve, as vezes longamente…mas chega o dia de partir e muitas vezes com ele vão nossa esperança,  nossos sonhos e até nosso amor próprio junto com a dignidade.



São dias de prantos, de quarto fechado,  de olhos de panda, de recordações que naquele momento se fazem em dor. Dor de saudade, de pensar quanta energia desprendemos em prol daquele romance, daqueles sonhos…da vida a dois.

Mas não podemos nos dar por vencidas! Não podemos nos contaminar por esse sofrimento e sim sacudir a poeira, pentear os cabelos, passar um corretivo nos olhos e dar a volta por cima.

Pode até parecer clichê mas, o grande lance está em perceber o que esse tal sofrimento está nos ensinando.


AGRADEÇA AOS AMORES PERDIDOS FOTO 01

No momento da perda, dificilmente conseguimos deixar o coração quieto para que, possamos pensar racionalmente no quanto isso tudo nos deixará mais fortes e decididas a mudar, a tomar outro rumo, a buscar outras conquistas e sonhar novos horizontes.

O fato é: SOMOS FORTES! E precisamos usar nossa sabedoria, com atenção e discernimento. E essa perda pode sim nos proporcionar essa mudança.
Comece a pensar com tranquilidade, respire fundo, aceite o fato…tudo isso nos ajuda a ter mais serenidade.


Seja grato por tudo que viveu durante o tempo na relação,  todas as oportunidades que teve, por tudo que aprendeu, por tudo que ensinou, simplesmente por tudo! Você irá sentir no coração uma paz que fará entender o quanto você é especial e forte.

Libere a âncora do seu navio, libere o perdão, desista de atracar! Deixe apenas seu coração mais uma vez sonhar.

Reflita sobre você,  sobre o quanto ainda tem de poder, sobre tudo que ainda poderá fazer!

Perceba sua transformação através desse tal sofrimento, ele será seu melhor professor.


AGRADEÇA AOS AMORES PERDIDOS FOTO 02

O olhar para dentro de nós,  muda o olhar de todos a nossa volta, muda o percurso das coisas e traz de volta o amor que sempre deve prevalecer.

E graças a eles que de várias maneiras nos deixaram em prantos incontidos, podemos perceber o quão forte somos e o poder que temos de restruturação.

Levante!  Avante! E permita-se alçar novos rumos.


Por que aprender a ficar de boca fechada pode fazer o seu relacionamento muito melhor…

Artigo Anterior

Delicadeza: o fio da civilidade…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.