Notícias

Além de Xuxa: Anitta, Gaga e outros famosos acusados de pacto com o diabo

Foto: Instagram.
Alem de Xuxa

Essa história é muito conhecida e a própria Xuxa já fez piada sobre o assunto.

A apresentadora foi alvo de uma série de boatos de que teria feito um pacto com o diabo para conquistar o sucesso, inclusive através de músicas com significados ocultos como “Ilariê”.

O compositor da música contou o verdadeiro significado por trás do hit, mas vale lembrar que a Rainha dos Baixinhos não é a única celebridade a ter sido acusada de praticar satanismo.

Anitta

anitta 5

Direitos autorais: Instagram.

Em 2018, a poderosa respondeu a dúvidas dos fãs e seguidores no Twitter e é claro que teve gente interessada em saber se tanto sucesso era fruto de um pacto com o demônio. “Sim, ele vem me buscar em dez anos, igual no ‘Supernatural’, com vários cachorros. Por isso, tô aproveitando tudo rápido”, ironizou Anitta.

Madonna

madonna 1

Direitos autorais: Instagram.

A Rainha do Pop adora causar controvérsia, já tendo se apresentado em cima de uma cruz no palco e também gravando o polêmico clipe de “Like a Prayer” dentro de uma igreja.

Em 2009, a situação escalou quando a cantora levou seu show para a cidade de Varsóvia, na Polônia, no mesmo dia de uma importante festa católica. O ex-presidente do país Lech Walesa não gostou nada da situação. “É uma provocação satânica. O show de Madonna é um ataque do diabo ao nosso país católico”, disparou o político polonês.

Beyoncé

beyonce

Direitos autorais: Vogue.

Depois de já ter sido “acusada” de bruxaria por uma ex-funcionária, a cantora também foi apontada por supostas ligações ao diabo na época do nascimento de sua primeira filha, Blue Ivy, em 2012. Teorias das redes sociais apontavam que, escrito ao contrário, o nome da menina seria uma referência ao nome latim Eulb que significaria “filha de Satã”.

É claro que a palavra nem mesmo existe. Além disso, em 2020, KW Miller, candidato ao Congresso pelo estado da Flórida, afirmou que Beyoncé passaria mensagens satânicas através da música “Formation”. “Ela guarda símbolos satanistas em sua bolsa”, afirmou o político, naturalmente sem prova alguma.

Lady Gaga

lady gaga 1

Direitos autorais: Instagram.

Conhecida por seus looks extravagantes e clipes cheios de significados ocultos, era questão de tempo até que Lady Gaga fosse acusada de se relacionar com elementos satânicos. Em 2012, a cantora foi acusada de realizar um ritual dentro da suíte de um hotel em Londres. De acordo com a NME, uma funcionária teria encontrado a banheira do quarto cheia de sangue após a saída da cantora do local.

Elvis Presley

elvis 1 1

Direitos autorais: Reprodução.

Nem mesmo um dos principais nomes da música escapou dos infernais boatos. Quando se tornou um fenômeno nas décadas de 1950 e 1960, Elvis causou revolta na Igreja Católica por seus movimentos sensuais nas apresentações. O cantor foi considerado como uma espécie de “tentação satânica” na época e até mesmo seu famoso rebolado chegou a ser censurado na TV.

Bob Dylan

bob dylan 1

Direitos autorais: Reprodução.

O músico, assim como outros artistas de blues de sua época, levantou suspeitas sobre um possível pacto com o diabo para ter conseguido se tornar um excelente violonista em tão pouco tempo no início da carreira. Uma entrevista de Bob Dylan colocou ainda mais lenha na fogueira quando ele afirmou que havia feito um acordo com o “Chefe-comandante desta Terra e do mundo que não podemos ver”. Será?

Paul McCartney

paul 1

Direitos autorais: Reprodução/Instagram.

Bastou uma frase controversa na música “Revolution 9” dos The Beatles para que fosse criada uma teoria ainda mais absurda do que um pacto entre Paul e o diabo. “Me excite, homem morto”, diz o músico na canção, alimentando os rumores de que ele teria selado um combinado satânico e sido morto e substituído há décadas, após sofrer um acidente de carro. Dá para acreditar?