RelacionamentosColunistas

Alma gêmea ou algema?

ALMA GÊMEA OU ALGEMA capa e foto 01

Principalmente entre os jovens, o sonho de encontrar sua alma gêmea, aquele ser que vai te completar em todas as formas, em todos os aspectos, que vai por fim a sua solidão e serão felizes para todo sempre na mais perfeita harmonia e perfeição.



Quase todos encontram seu par, porém, são muito raros os que concretizam seus sonhos, visto que a Terra é um plano intermediário, de aprendizados e expiações, provas constantes para obtenção da evolução pessoal, onde muitos dos casamentos representam então uma forma de reajuste assumidos diante a espiritualidade.

Passado então as emoções intensas do casamento, os cônjuges enfrentando a realidade dura do dia a dia, conhecendo-se mais, vendo mutuamente as imperfeições que até então não existiam, as dificuldades da criação dos filhos e responsabilidades do casamento, logo, a alma gêmea vira uma algema.

alma-gemea-ou-algema-capa-e-foto-01


Não dura muito para que muitos desistam dos seus pares, ou queiram se aventurar em um novo amor porque aquele amor que até então era perfeito e para sempre já não serve mais. E então, muitos se separam e vão em busca de novos amores, novas almas gêmeas, e por fim a história se repete.

Muitos se casam por puro amor, mas logo se veem diante a realidade do dia, descobrem que seu parceiro não era tudo aquilo que imaginava, descobre que ele é um ser humano comum, com defeitos, e então o casal tem atritos do dia-a-dia, estresse pelo trabalho e o relacionamento cai na rotina, e vem aquela vontade tentadora de se aventurar em uma nova história para resgatar aquela sensação que outrora sentia.

Com isso, encontram-se novas algemas, e assim, muitos desistem do amor, passam a ser incrédulos, porque sua busca árdua pelo amor perfeito, pela alma gêmea não tem fim, e mais e mais algemas entram na sua vida e logo a pessoa sente-se cansada de tanto procurar, endurecendo seu coração, praguejando e maldizendo a vida, propagando o rancor e mágoas internas pelas experiências fracassadas que tivera até então.

O sucesso do casamento consiste em entender que não existe duas metades com buscas eternas a fim de se completar como muitos dizem e pensam. Existem sim, almas que se encontram e vivem uma convivência fraterna, que acredita e aposta um no outro, que superam as diferenças e os desajustes um do outro, que compreendem que para dar certo é necessário o empenho de duas partes para que o casal dê certo. Compreender que todos nós somos imperfeitos, cheios de defeitos e com milhares de qualidades e os dois conseguem se adaptar a todas elas, conseguem juntos passar pelas tribulações e provas impostas pela vida e pela personalidade um do outro. Uma relação é sustentada por dois, não existe um amor que vale pelos dois, existem dois amores que formam um sentimento só e é esse sentimento que fortalece, evolui os dois.


Um coração com amarguras e rancores azedam uma relação, dissolvem o casamento, muitos acreditam que o casamento dê certo para que sejam completamente felizes quando na verdade é extremamente importante que ambos sejam felizes para que o casamento e a relação dê certo.

Vale a ideologia de que é preciso ser feliz por si só, a felicidade não está no outro e sim dentro de você, quando você é feliz consigo mesmo tudo a sua volta se transforma, se modifica e edifica seu interior. Somente seguindo essa linha de raciocínio contribuímos para que nossas relações amorosas deem certo.

O amor verdadeiro não é uma flecha que o cupido dispara em nossos corações, não é uma mera chama arrebatadora como é destacado no poema de Vinícius de Moraes. Mais do que essa chama arrebatadora o amor é a consolidação do desenvolvimento de valores do casal e que elas sejam sólidas. Os casais que se amam e se querem bem, são aqueles que aceitam as falhas do outro, passem juntos pelas tempestades da vida, mas que também apreciem o sol que há dentro da relação.

O casal que se ama é aquele que retira a sua máscara da perfeição revelando o que realmente é mutuamente, que juntos caminhem para evolução própria e um do outro, é aqueles que estão dispostos a serem compreensivos, se respeitarem indo em direção as leis divinas. Esse é o verdadeiro amor.


Sendo assim, as algemas que existem agora se transformam em alma gêmea, porque ambos têm como finalidade os mesmos objetivos. O conceito do casamento nada mais é que a harmonização desses espíritos que unem a experiências aqui na Terra. Hoje, desencontrados, com atritos, ou até mesmo inimigos de uma vida passada, amanhã amigos verdadeiros amantes, isso é o amor.

alma-gemea-ou-algema-foto-02

Em resumo, a alma gêmea é o casal que juntos buscam a evolução de ambos, que caminham juntos, na primavera ou na maior tempestade, superando quaisquer desajustes que há entre eles e assim seguindo e se ajustando as leis de Deus.


A importância em demonstrar sentimentos…

Artigo Anterior

Anjo da guarda que me guarda em proteção, carrega também meu irmão… Esse amigo que escolhi a dedo…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.