Notícias

Aluna brasileira que criou garrafa capaz de tornar qualquer água potável, vence torneio mundial

Foto: Reprodução
aluna brasileira

A Bárbara Paiva, estudante de Engenharia da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), venceu uma competição mundial que avaliava projetos construídos por alunos de diversos países.

A tecnologia de Bárbara venceu 443 equipes e disputou a final com alunos de 44 países. A etapa final do concurso foi realizada em 27 de março de 2022, em Istambul, na Turquia. No qual a estudante foi vencedora do troneio storytelling.

De início, a aluna da UFOP foi campeã da etapa nacional com uma tecnologia que produz água potável esterilizada por meio da radiação, com um filtro carregado por meio da luz solar. Todo o processo foi pensado com o intuito de não gerar nenhuma energia poluente.

Conheça a história

estudante brasileira

Bárbara criou uma garrafa que transforma qualquer água em potável – Direitos autorais: Reprodução/Donatelo Ferraz/Ciclo Vivo

Uma estudante mineira criou uma garrafa que transforma qualquer água em potável, por meio da radiação com filtro carregado à luz solar. E mais: ela cabe na palma da mão e pode ser levada a qualquer lugar que você quiser! O nome do projeto é “Aqualux”.

Bárbara Paiva estuda na Universidade Federal de Ouro Preto, e se inscreveu para participar do programa internacional ‘Red Bull Basement’, liderado por universidades que buscam capacitar alunos com ideias inovadoras por meio da tecnologia. Atualmente na 4ª edição, o programa recebeu a inscrição de mais de 440 equipes brasileiras, incluindo aqui a de Bárbara, que logo se tornou a que mais chamou atenção.

“A ideia do projeto surgiu no meu mestrado, onde estudo a esterilização de parasitas via radiação, e pensei em aplicar isso para ajudar as pessoas de forma simples e viável”, contou a estudante. “Essa oportunidade de ser a campeã nacional tem sido incrível ao meu projeto, porque além de me ajudar no desenvolvimento, ainda ajuda a acelerar o processo e aumentar a visibilidade”, completou.

0 %