ColunistasEspiritualidade

Amar o próximo como a si mesmo é uma das mais importantes missões daqueles que amam a Deus

O amor ao próximo site

O amor é o elo que une os corações, que nos aproxima de Deus e do próximo.



Através de suas obras compreendemos o sentido da vida, do amor incondicional, de doar, retribuir, amar e ser amado. Deus nos mostra que é preciso valorizar a vida, olhar para dentro de nós, lembrar de quem somos, qual o nosso propósito de vida, missão.

A vida é uma dádiva fomos criados para conviver em sociedade, criar laços, partilhar momentos, viver em harmonia. Somos convidados por Deus a amar o próximo, perdoar os inimigos, as pessoas a nossa volta, descobrir a beleza que possuímos em nosso interior, nossa alma humanitária, nosso ser iluminado.

Podemos até impressionar as pessoas pelas nossas capacidades, dons, inteligência, mas o que faz a gente brilhar é o amor que habita em nós, a forma como tratamos nossos semelhantes, como colocamos o bem em prática.


Essa é uma das formas mais bonitas de agradar a Deus, firmar nosso voto de confiança, contribuir levando esperança aos corações, cooperando com a obra missionária do pai, prestando serviços comunitários, visitando doentes, idosos, os mais carentes. Levando uma palavra de fé, um abraço fraternal, sendo luz, abrindo caminhos, portas de inclusão.

Podemos possuir muitos bens, diplomas, ter um belo caráter, mas o que faz diferença, torna-nos apreciáveis, inesquecíveis, valorosos são as nossas obras, o amor que dedicamos, doamos. Quando ajudamos os irmãos agradamos a Deus, somos gratos, reconhecemos que tudo que temos foi ele quem deu, permitiu.

O que Deus pediu a todos nós é que amássemos uns aos outros como a nós mesmos. Compreender o outro como ele é, cheio de defeitos, problemas, perdoando suas falhas.

Devemos pedir a Deus todos os dias sabedoria para viver. (Ó mestre fazei com que eu procure mais consolar que ser consolado, compreender que ser compreendido, amar que ser amado, pois é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado e é morrendo que se vive para vida eterna. Oração de São Francisco de Assis) perdoemos nossos irmãos pelas ofensas, pelo mal que nos fizeram, as dores que nos causaram.


Esqueçamos os desentendimentos e façamos o bem. O confronto, a raiva e a falta de perdão só destroem criam desavenças, alimentam o ódio, atrasam nossa vida, bloqueiam os caminhos, trazendo más vibrações, angústia irritação, infelicidade. Voltemos nosso coração para a conciliação, bondade, a boa semeadura. Consideremos o momento atual, trabalhando no presente, agindo agora para colher no futuro.

O amor é fonte de vida que sacia nossa sede, fortalecendo-nos e mostrando que, onde reina a sua majestade, Deus impera e faz maravilhas.

Se não apoiamos o amor e sua força universal, negociamos contra nós mesmos, andamos em direção contrária, nadamos contra a correnteza, fazemos gol contra, contrariando a grande lei, provamos do nosso próprio veneno. Onde reina o amor Deus aí está. Aí estão também suas bênçãos, a gratidão, a paz, sabedoria, inteligência, prosperidade. Confiemos em Deus, não adiemos a luta, façamos nossa parte.

Amar o próximo como a si mesmo é uma das mais importantes missões daqueles que amam a Deus.


_____________

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: chuanpis / 123RF Imagens

Não se sinta trouxa por ter acreditado, infelizmente, disseram-lhe mentiras bem fantásticas!

Artigo Anterior

O espaço pessoal em um relacionamento é importante por essas 5 razões:

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.