Comportamento

Ambulantes vendem urina engarrafada como se fosse cerveja!

capaambulantes vendem urina engarrafada como se fossem cervejas

Os consumidores tiveram uma grande surpresa ao abrir as cervejas e descobrir que não se tratava da bebida esperada.



Uma das bebidas alcoólicas mais apreciadas tanto no Brasil quanto em diversos países é a cerveja. Seja em eventos familiares, sociais ou até mesmo quando estamos sozinhos, essa bebida é nossa companheira e ajuda a fazer diversos momentos especiais, principalmente se apreciada com moderação.

Para diversas pessoas, o fim de semana só é realmente válido quando acompanhado de algumas cervejas, e é por isso que as conveniências costumam estar sempre cheias de clientes em busca da bebida.

Se você é uma dessas pessoas que gostam de tomar uma boa cerveja, provavelmente frequenta esses locais, seja para comprar e levar para casa ou mesmo para sentar a uma mesa e aproveitar o momento, acompanhado dos amigos.


Quando compramos nossas cervejas, escolhemos as marcas e confiamos na qualidade do produto que vamos receber. No entanto, um evento que aconteceu no Paraguai provavelmente vai colocar uma pulga atrás da sua orelha.

Conforme contado pelo portal local Extra, o proprietário de um bar na cidade de San Lorenzo se surpreendeu ao descobrir que as cervejas que tinha comprado para revender aos seus clientes eram, na verdade, urina engarrafada.

Óscar Cantero, de 32 anos, contou que três jovens apareceram em suas instalações a bordo de um táxi e lhe ofereceram várias caixas de cerveja. O preço era muito bom e eles garantiram que trabalhavam com nota fiscal.

Cantero cedeu à tentação, mas como ficou um pouco desconfiado do custo, encomendou apenas três caixas das melhores marcas do mercado para ver como seria a sua experiência.


2ambulantes vendem urina engarrafada como se fossem cervejas

Direitos autorais: reprodução YouTube/Diario EXTRA Paraguay.

Assim que recebeu os produtos, viu que as garrafas estavam um pouco gastas, mas não pareciam estar ruins. O comerciante vendeu algumas cervejas, acreditando que estava oferecendo o melhor aos clientes, mas teve uma grande surpresa quando eles lhe devolveram a bebida, explicando que as embalagens continham um líquido estranho, com uma espuma similar a detergente, e que algumas tinham até mesmo ferrugem.

Depois, o comerciante descobriu que os homens não eram vendedores de verdade, apenas se faziam passar por funcionários de um distribuidor, dizendo que o produto que tinham era sobra da distribuição daquele dia, por isso o preço era mais barato.

Na primeira vez em que recebeu a proposta, Cantero não comprou as bebidas, mas depois resolveu experimentar. Os homens, que garantiram que os produtos teriam nota fiscal, inventaram desculpas, dizendo que estavam com pressa, e foram embora.


Quando recebeu as cervejas de volta dos clientes, o comerciante a princípio pensou que elas não tinham gás. No entanto, não demorou até perceber que havia algo mais. As tampas das bebidas tinham retalhos de papelão e o conteúdo das garrafas estava longe de ser cerveja.

3ambulantes vendem urina engarrafada como se fossem cervejas

Direitos autorais: reprodução YouTube/Diario EXTRA Paraguay.

A história não demorou a se espalhar pela região e, ao que tudo indica, Cantero não foi o único enganado pelos falsos vendedores. Segundo contado pelo portal de notícias, Mariano Rejala, outro comerciante, também foi vítima. Dessa vez, os falsos vendedores se fizeram passar por funcionários de uma renomada vinícola. O comerciante não percebeu a diferença até abrir as garrafas, e isso lhe trouxe um prejuízo financeiro considerável.

Com a repercussão da história e a desconfiança dos comerciantes após esse episódio tão desagradável, o portal paraguaio pegou algumas dicas com Daisy Guerrero, da vinícola “En lo de Toto”, sobre alguns sinais de que as bebidas são falsas.


Guerrero disse que as suspeitas devem ser levantadas quando as tampas estão enferrujadas e muito gastas, o líquido é aquoso e límpido e não contém muita espuma (nesse caso o ideal é sacudir um pouco as garrafas antes de abrir). Embora o caso não tenha acontecido aqui no Brasil, é interessante ficar atento quando for comprar as suas próximas cervejas.

Garçom viu jovem com poucos recursos e decidiu servir-lhe comida: “São todos iguais para mim”

Artigo Anterior

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.