Notícias

“Inferno em nossas vidas”, mulher de Stênio Garcia fala sobre sair do Brasil após ameaças

Foto: Instagram
stenio 6

A mulher do artista se pronunciou após cena polêmica durante entrevista. Confira!

Há alguns dias, o episódio que envolveu o ator Stênio Garcia e sua esposa Marilene Saade durante uma tentativa de entrevista tem sido um dos assuntos mais comentados nas redes sociais.

Tudo aconteceu quando o ator foi procurado por um repórter da Rede TV para uma entrevista durante o lançamento do livro “Viver é uma arte”, de Beth Goulart. Em determinado momento da entrevista, a atriz colocou uma máscara no ator de forma brusca e puxou para longe do repórter.

O vídeo do momento viralizou e não demorou muito até as críticas se espalharem pelas redes sociais, impactando diretamente na vida de Marilene. A situação ficou tão fora de controle, que ela chegou a ter um pico de pressão provocado pelo estresse e ficou de cama.

Mesmo agora, que o assunto já esfriou um pouco, a atriz que mora sozinha com o ator, tem medo de que algo aconteça com eles dois, e por isso até mesmo cogitou ir embora do país.

Assista ao momento da entrevista abaixo:

Em entrevista ao Notícias da TV, Marilene explicou que ela e Stênio só não vão embora agora porque não estão com “fôlego financeiro” para isso, mas explicou que as pessoas estão “infernizando” suas vidas, e tentando destruir a sua imagem.

Por conta das represálias, elas inclusive se afastou da internet, e está pretendendo mudar de casa, para ficar perto do irmão.

Stênio, que ficou ao lado da companheira desde o começo da polêmica, teria a proibido de manter muito contato com a internet, por conta de seu estado de fragilidade, e está empenhado na melhora da esposa, para que possam tocar a sua vida para frente.

Marilene, angustiada, agora se pergunta como as pessoas reagirão quando a virem na rua, se isso um dia passará, ou se será para sempre uma possível vítima de agressores revoltados. Sua situação é uma prova viva de que a internet pode prejudicar seriamente a vida das pessoas.

Sonia Abrão

Na entrevista, a atriz revelou que acredita que as críticas da apresentadora Sonia Abrão, apresentadora do A Tarde É Sua, na RedeTV!, apenas agravaram a situação. Sonia exibiu o vídeo no programa e convidou Marcos Bulques, repórter que fazia a entrevista para falar sobre o assunto. No entanto, em nenhum momento procurou Marilene.

Segundo a atriz, apenas no dia seguinte da entrevista Sonia mandou outro repórter ligar para ela, mas a situação já estava agravada, e o resultado foi a pressão de Mari indo às alturas, a medida que a de Stênio estava baixa.

1 Inferno em nossas vidas mulher de Stenio Garcia fala sobre sair do Brasil apos ameacas

Direitos autorais: Reprodução / Instagram

O terror realmente se instalou na vida da esposa do ator, que relatou até ter perdido a voz por conta dos ataques, que tinham acusações graves como “torturadora”, “criminosa”, entre outros.

Passado preocupante

O extremo cuidado que Marilene tem para com o marido, que já tem 90 anos, se deve a traumas do passado, especialmente durante o período em que ela ficou em coma induzido depois de ser diagnosticada com Sara (Síndrome da Angústia Respiratória Aguda), em 2019.

Com a volta da Covid, ela teve medo de Stênio passar pela mesma coisa e ficou cada vez mais cautelosa em relação ao marido. Segundo ela, o momento em que colocou as mãos no rosto de Stênio durante a entrevista foi um colapso nervoso por ele estar sem máscara.

Jornalista conta sua versão da história

Marcos Bulques foi acusado de “pegar carona” na fama após a repercussão do vídeo, e procurou o site de notícias para dar a sua versão. Bulques explicou que não falou mais com Marilene após o episódio, acrescentando que Marilene não pediu licença para colocar a máscara no marido.

Sobre os ataques que sofreu através do perfil oficial do ator, o jornalista comentou: “não preciso usar o caso para me promover”, acrescentado que “o Brasil sabe de quem foi a culpa”.