AmorFofuras do Dia

A amizade comovente de uma menina autista de 5 anos com seu gato de terapia

amizade gato terapia 152

Thuja, tem quase 1 ano de idade e é um Maine Coon. Esta raça é conhecida como a inteligente e gentil gigante do mundo dos gatos e embora ela seja ainda pequena e jovem, Thula não decepciona. Seu caráter suave e compassivo é especialmente importante para Iris, uma jovem garota que cresce com autismo.



“Thuja baixou ansiedades diárias de Íris na vida e mantém a Iris calma, mas igualmente tem o efeito de encorajá-la a ser mais social. Ela vai falar com Thuja, dizendo frases pequenas como ‘gato sente-se’” . Diz Arabella Carter-Johnson, mãe da menina.

Carter-Johnson, tinha quase desistido na busca de um companheiro animal terapêutico para a filha dela. Quando Iris se deu bem com um gato siberiano que sua família estava cuidando no Natal, no entanto, ela percebeu que ela “só não tinha encontrado o animal certo ainda”.

amizade-gato-terapia-1amizade-gato-terapia-2amizade-gato-terapia-3


“Qualquer atividade que estamos fazendo Thuja está lá e quer ajudar e se envolver” Arabella Carter-Johnson

 

amizade-gato-terapia-4

“Iris passou por um estágio no último ano de odiar banhos e ter o cabelo lavado. Thuja foi ficando na banheira com Iris e até me deixar colocar xampu nela também para ajudar a Iris.”


 

amizade-gato-terapia-5

“Iris está mais ativa de manhã agora. Antes de Thuja, sempre foi difícil conseguir o dia. Ela está mais fácil de se engajar em atividades e houve mudanças em nossos passeios de bicicleta.”

amizade-gato-terapia-6amizade-gato-terapia-7


“Não fui aconselhada para obter um animal de terapia, mas quando você pesquisa o autismo, existem histórias que surgem de tempos em tempos, sobre os efeitos maravilhosos que animais podem ter em uma criança com autismo”. 

amizade-gato-terapia-9amizade-gato-terapia-10

“Levamos Iris para Equoterapia, mas ela não pareceu muito interessada em cavalos naquela época. Então comecei a pensar sobre um cão de terapia.  

amizade-gato-terapia-11amizade-gato-terapia-12


“Iris e o cão não se davam bem, Iris odiava ser lambida e não gostava também do rabo abanando, a hiperatividade do cão iria magoá-la. Então, por um tempo eu desisti da idéia.”

amizade-gato-terapia-13amizade-gato-terapia-14

“Então eu pensei sobre um gato de terapia depois de ler mais histórias sobre como eles ajudaram as crianças com autismo, mas novamente Iris não teve interesse e o gato pareceu não gostar dela também.” 

amizade-gato-terapia-15amizade-gato-terapia-16


“A essa altura que eu estava ficando cheia da idéia. Eu não podia continuar tentando diferentes animais, não foi justo com nenhum e não estava ajudando Iris”.

amizade-gato-terapia-18

“Então namorada do meu irmão precisava de um lugar para o seu gato durante as férias de Natal e nos oferecemos para cuidar dela enquanto eles estavam no estrangeiro. Ela era uma linda siberiana e Iris imediatamente se conectou com ela.”

amizade-gato-terapia-20


“Foi então que eu percebi que eu apenas não tinha encontrado o animal certo ainda. Então, levou-nos muito tempo e muita tentativa e erro, experimentando diferentes opções, mas chegamos lá no final.”

amizade-gato-terapia-21amizade-gato-terapia-22

“Thuja não é um gato de serviço/terapia treinado, mas fiz algumas coisas. Eu fiz ela se acostumar a usar coleira quando ela era pequena e andava com ela no carro e na bicicleta. O resto que ela faz sozinha.”

amizade-gato-terapia-23


“A coleira tem um propósito muito importante. Thuja sai de bicicleta com a gente. Ela normalmente não quer pular para fora, mas é uma medida de segurança, no caso de algo assusta-la, como o transito. Ela também vai passear e a coleira é mais confortável e mais segura.”

Via: Razões Para Acreditar

Os opostos se atraem, mas só na física

Artigo Anterior

8 dicas para começar a ter amor próprio

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.