Amor é uma questão de cuidado

Podemos disfarçar, fechar os olhos, distrair a própria vontade, mas a verdade é que sempre sabemos quando um amor chega ao fim.

Sabemos que nenhum amor acaba de repente. É aos poucos que o interesse vai se perdendo, o respeito dando lugar às grosserias e o companheirismo virando obrigação. O fim é apenas a sentença.



Ninguém acorda, do nada, e diz “não te amo mais”. Antes de qualquer fim, tem o cansaço. A gente cansa de compreender, de discutir, de avisar. Cansa de tentar arrumar a alma, de fazer carinho, de olhar nos olhos. O amor acaba das mais diversas formas e, nem sempre, o motivo é palpável.

O riso fácil não é mais espontâneo, o tempo dedicado à relação já não existe e os olhos já não sentem atração. Amor acaba quando a demonstração de afeto dá lugar às constantes desculpas, quando não há cuidado com as palavras ou quando a companhia vira angústia.

Assim acaba o amor: no descuido do que é essencial e na valorização do supérfluo.


Por mais que fechemos os olhos para a verdade, sabemos que nenhuma relação se sustenta sem amor. Guimarães Rosa, em Grande Sertão Veredas, dizia que “só se pode viver perto de outro, e conhecer outra pessoa, sem perigo de ódio, se a gente tem amor. Qualquer amor já é um pouquinho de saúde, um descanso na loucura”.

As pessoas parecem não entender que o comodismo cega. Confundem “amor tranquilo” com “amor acomodado” e esquecem que, assim como a Arte, o amor precisa de criatividade para permanecer.

Não é preciso jantares afrodisíacos, declarações em outdoor, nem tatuagem com o nome da pessoa amada. O que o amor exige é cuidado com os (básicos) detalhes da vida cotidiana.


Arrume um tempo para as mensagens inesperadas, mande flores sem motivos, perdoe sem condições. O que pode não fazer sentido hoje, pode salvar a relação amanhã.

Não negligencie o amor, a conta sempre vem. Seja capaz de amar sem medidas, demonstrar sem plateia e respeitar incondicionalmente.

Amor, meu bem, é uma questão de cuidado.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: motortionfilms / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.