4min. de leitura

Amor incondicional é sobre aceitação e crescimento, não sobre mudar seu parceiro

Quando existe o amor verdadeiro, há apoio mútuo e respeito à individualidade de cada um, em primeiro lugar. Amor incondicional é sobre aceitação e crescimento, não sobre mudar seu parceiro.

Quando duas pessoas realmente se amam, a relação naturalmente segue caminhos positivos, permitindo a ambos os parceiros se tornarem pessoas melhores.



Em um relacionamento verdadeiro, baseado no amor, não existe vontade de mudar a outra pessoa, transformá-la em um perfeito exemplo de tudo aquilo que o agrada. O amor verdadeiro não é egoísta, é altruísta. Aqueles que nos amam se concentram naquilo que temos de bom, ao invés de exaltarem nossas falhas e imperfeições.

Grande parte de nós já viveu um relacionamento não por amor verdadeiro, mas por uma idealização de como queríamos que ela fosse. Criamos uma imagem de parceiro ideal em nossas mentes e projetamos na outra pessoa, esperando que ela cumpra nossas expectativas.

No entanto, este é um pensamento egoísta e errado. Não temos o direito de manipular uma pessoa da maneira que desejamos. Também temos nossas falhas e não é certo querer que o mundo se adapte a nós, sem oferecermos nada em troca.


Portanto, faça uma reflexão sobre sua ideia do que significa se apaixonar por alguém. Ao invés de estar a todo momento considerando o que deve ser mudado em seu parceiro para que a relação flua, permita-se apenas estar presente, apaixonar-se com todo o seu ser.

Quando nos permitimos seguir o fluxo, experimentamos uma transformação natural, com o passar do tempo.

A mudança sempre começa em nós. Não devemos esperar que outras pessoas se adaptem ao que queremos. Somos nós quem devemos ajustar nossas expectativas. Quando existe o amor verdadeiro, há apoio mútuo e respeito à individualidade de cada um, em primeiro lugar.


No amor incondicional, há respeito, há esforço, há desejo de fazer o outro feliz, mesmo que precise sacrificar um desejo seu em algum momento.

Amar incondicionalmente é amar com todas as suas forças, em todos os momentos, mesmo no mau humor, na tristeza, na doença. É amar nas falhas e aceitar que elas sempre estarão presentes.

Não é fácil encontrar um amor assim, mas não devemos perder as expectativas. Antes de tudo, precisamos começar a trabalhar em nós mesmos. Para encontrarmos um amor que realmente nos faça felizes, precisamos primeiro amar e respeitar a nós mesmos, porque a maneira como nos tratamos é um reflexo de como permitiremos que as outras pessoas em nossas vidas nos tratem.

Portanto, seja um exemplo positivo, ame-se e aceite-se completamente, com seus defeitos e erros. Tudo começa dentro de nós.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: teksomolika / 123RF Imagens

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

* Matéria atualizada em 28/04/2018 às 6:27






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.