Animais

Amor puro: macaquinho visita e abraça idosa doente que o alimentava. Assista!

Foto: Reprodução
capa site Amor puro macaquinho visita e abraca idosa doente que o alimentava Assista

Autoridades especializadas no cuidado de animais silvestres reforçam que as pessoas não devem se aproximar dos macacos nem alimentá-los.

A relação dos animais com os seres humanos pode revelar algo de outro mundo, como se eles se entendessem apenas pela troca de olhares, captando o suficiente para saber que se amam. É assim que muitas vezes os tutores e seus animais de estimação se sentem quando estão lado a lado, isso porque passam tanto tempo juntos, dispostos a se conhecer, que descobrem o significado da bondade e do cuidado.

Algumas pessoas vão um pouco além e criam relações com animais silvestres, ajudando-os quando uma fatalidade acontece, como queimadas ou escassez de recursos naturais, fazendo questão de lhes oferecer alimento, abrigo ou proteção. Um vídeo compartilhado no Reddit há cerca de três meses viralizou, chamando a atenção dos internautas para vários assuntos.

Nas imagens, é possível ver um macaquinho langur cinza indo até a cama de uma idosa, sentando-se em seu colo e lhe oferecendo abraços carinhosos. O gesto do primata acabou conquistando as pessoas, e na internet circulam informações de que ele era alimentado diariamente pela mulher, mas que sentiu sua falta quando ela sumiu por alguns dias. O motivo: a idosa adoeceu e precisou ficar acamada.

A ausência de sua companheira de alimentação não passou batida, e o macaquinho imediatamente tratou de ir ao encontro da amiga. Algum familiar da mulher se encarregou de registrar os momentos, que mostram o peludo abraçando com carinho a senhora, ao mesmo tempo que demonstra saudade e insatisfação com sua ausência no local onde sempre se viam.

2 Amor puro macaquinho visita e abraca idosa doente que o alimentava Assista

Direitos autorais: reprodução YouTube/ ST Videos

O vídeo não deixa claro em que país o caso aconteceu, mas muitos acreditam ser na Índia, onde assim como a vaca, o langur é considerado um animal sagrado e comumente convive com seres humanos. Esses primatas pesam entre 9 e 12 quilos, podem medir de 50 a 90 centímetros, incluindo-se a cauda, além de muito ativos e espertos.

De fato, a interação dos dois é marcada pela docilidade, demonstrando sentimentos para além da alimentação regular. Ocupando uma posição de destaque entre os hindus, esses macacos possuem privilégios, como nunca ser expulsos de jardins, mesmo que destruam o local. Também têm o hábito de entrar nas residências para roubar comida, principalmente na hora das refeições.

Continue lendo o texto para ver o vídeo do encontro do macaquinho com a idosa acabada.

Debate sobre interação e alimentação de animais silvestres

Ainda que seja tentador alimentar os animais, biólogos e outros especialistas alertam para os riscos de uma alimentação desbalanceada para eles. A prática pode comprometer o metabolismo e a saúde do animal, assim como desmotivá-los a sair em busca das próprias refeições, reforçando uma relação de dependência que apenas tende a ser prejudicial.

Quando esse encontro ocorre na natureza, as pessoas precisam compreender que não existem benefícios em oferecer alimento humano para os animais silvestres, o que lhes pode acarretar diabetes, hipertensão, além de prejudicar os dentes. Na cidade, o alerta é quanto às doenças que alguns bichos podem transmitir aos humanos quando se reproduzem sem controle.

Mesmo os animais criados em cativeiro precisam de alimentação balanceada, que não inclui doces, refrigerantes e excesso de sódio. Em algumas cidades, inclusive do Brasil, a prática pode ser criminalizada e os responsáveis arcarem com multa, serviços à comunidade e até prisão.

Ainda assim, não podemos negar que o vídeo do macaquinho com a idosa não viralizou à toa. Confira abaixo esse lindo momento!

0 %