Ansiedade e stress: saiba como se libertar…



A ansiedade é um excesso de futuro, de tudo o que acha que pode acontecer, de tudo o que poderia ou não poderia ser, de tudo o que imagina que quer que seja, mas não sabe se vai ser.

O stress é uma sub-carga do seu presente, de tudo o que vive, pensa, sente e suporta por um longo e demasiado tempo.

Tudo isso são emoções travadas e desequilibras e a saúde é o maior reflexo disso; é o alerta maior de que está calando suas emoções, com o sim e o não que deveria ter dado e não deu, pela voz que cala dentro de si mesmo, pelo perdão e desapego que deveria ter feito do que viveu no passado, por situações que sabe que já devia ter mudado no presente e, no meio desse turbilhão, tudo desanda no emocional, na saúde e na vida, no profissional, e o financeiro vai por arrasto, porque a sua vibração esta drenada.

Então, trabalhe suas emoções, liberte o que ainda trava no seu coração, escolha as pessoas que deve ter por perto, escolha a vibração dos seus pensamentos e de suas palavras, escolha as emoções que o elevem.

O up será dado e tudo avançará, quando você fizer a faxina interna e se libertar desses saquinhos de areia de carga emocional que não o deixam avançar e, por magia, tudo volta de novo a se encaixar na vibração que você deveria conservar.

O ponto de equilíbrio passa por saber que pode mudar o seu presente, fazer o melhor que pode com aquilo que tem. Só desta forma poderá construir o futuro que deseja. Harmonizar o que pensa, o que sente e o que faz; viver sem meias verdades, sem sombras e sem medos.

Saber que você não é vítima das circunstâncias e que, de uma forma ou de outra, pode sempre escolher.

Respire, acalme o seu coração, tudo sempre tem solução, quando a sua mente sai e vê para além do problema, para além das sombras do medo, para além de um turbilhão de dúvidas e pensamentos.

Retire algum tempo a coloque algumas questões a si mesmo:

Está vivendo a sua verdade?

O que pensa e sente está em ressonância com o que faz?

Está vivendo um relacionamento que o transborda?

Trabalha no que ama ou ama o que faz?

Diz o que pensa e sente, sem receio do que vão pensar?



Qual é o seu maior medo?

Qual a sua maior desculpa?

( Os medos se disfarçam de desculpas? )

Tome nota de tudo, sinta as emoções que chegam, os medos, a autossabotagem e de onde tudo isso começou. Encontre a raiz de onde tudo se originou e transforme tudo o que precisa transformar.

Tudo isso é a carga que suporta, é a ansiedade e o stress com que vive diariamente. Aprenda a dar pequenos passos. Por vezes, menos é mais, e o importante é que cada passo dado seja sólido e decidido.

Desta forma, começará a romper um padrão repetitivo e, muitas vezes, de longos anos. Crie novos hábitos, novas atitudes.

E quando você falar, use a sua voz e não os seus medos.

Não estou dizendo que é fácil, estou dizendo que é possível.

Escreva e reescreva a sua história quantas vezes que for necessário, afinal, você é autor da sua própria vida.

Você pode, você consegue, você está no comando. Você é o mestre da sua vida!

_____________________

Direitos autorais da imagem de capa: andersonrise / 123RF Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.