Pessoas inspiradoras

Ao invés de expulsar morador de rua de supermercado, policiais o ajudam comprando alimentos!

A influenciadora digital Adele estava no local no momento em que tudo aconteceu, e teve uma surpresa quando percebeu que os policiais queriam apenas oferecer algum apoio ao homem.



Quantas vezes você não se deparou com uma pessoa em situação de rua na frente de um restaurante, de um supermercado ou qualquer outro estabelecimento? A vulnerabilidade social que algumas pessoas encontram é tamanha, que elas precisam se submeter a pedir alimentos, uma coisa básica e essencial a que todos os cidadãos do mundo têm direito: comida.

A quantidade de pessoas que não têm onde morar tem aumentado nos últimos anos, mas encontrou força na atual crise sanitária, que teve impacto direto na economia da maioria dos países.

Com o fechamento de estabelecimentos, muitas pessoas ficaram desempregadas e, como é o caso do Brasil, embora o Produto Interno Bruto (PIB) tenha subido timidamente, a taxa de desemprego segue alta.


Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o PIB brasileiro subiu 1,2% em relação ao trimestre anterior, mas essa alta foi sentida apenas por uma pequena parcela da população. O nível de desemprego continua batendo recordes, no primeiro trimestre deste ano subiu 14,7%, o que significa que 14,8 milhões de brasileiros não têm emprego atualmente.

Os dados assustam, mas conseguem exemplificar a atual situação na qual estamos submersos, muitas pessoas estão sofrendo os impactos da atual gestão, passando necessidades e não conseguindo sequer se alimentar adequadamente.

A insegurança alimentar também tem batido recordes. Em dezembro do ano passado, a Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar (Penssan) conduziu uma pesquisa que mostra que cerca de 117 milhões de brasileiros enfrentam algum tipo de déficit na alimentação, enquanto 19,1 milhões estão passando fome no país.

A influenciadora digital e dona de uma empresa de bebidas, Adele Barbaro, compartilhou em seu perfil no Instagram recentemente uma cena capaz de restaurar a fé na humanidade.


Enquanto ia ao supermercado, no fim de maio, ela viu um homem em situação de rua em frente ao estabelecimento, pedindo qualquer ajuda aos clientes. Um pouco à frente da mulher, dois policiais caminhavam em direção ao homem, que estava sentado em frente à entrada.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@adele_barbaro.

Adele logo imaginou que os oficiais fossem abordar o homem com o intuito de tirá-lo dali, para que os clientes não precisassem ser “importunados”. Mas, ao invés disso, os agentes perguntaram o que ele estava fazendo ali fora em uma noite tão fria como aquela.

O sem-teto respondeu que tinha muita fome e os dois fardados começaram a fazer algumas anotações em um tablet, o que novamente surpreendeu a influenciadora, que acompanhava o caso.


Um dos policiais disse que eles apenas queriam se certificar de que o homem vulnerável ficasse bem. Nesse momento, Adele entrou no estabelecimento para comprar fraldas e comida, e logo encontrou os oficiais ali, comprando frango e pães, provavelmente se preparando para o jantar. Mas logo eles começaram a pegar alimentos básicos, não apenas comida pronta.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@adele_barbaro.

Adele percebeu, então, que os oficiais estavam, na verdade, comprando comida para o senhor sentado do lado de fora. Era arroz, cereais, a mulher também os ouviu conversando sobre pegar mais leite para o homem. Na hora de pagar, eles dividiram a compra ao meio, e cada um pagou uma parte, mostrando que eles queriam apenas ajudar quem mais precisava naquele momento.


O homem em situação de vulnerabilidade ficou surpreso quando recebeu a comida que os policiais compraram. Como é importante ter a capacidade de enxergar o outro para além das normas sociais, conseguindo ver também suas necessidades e fraquezas. Nunca se sabe como será o dia de amanhã, mas podemos sempre querer que o futuro seja um lugar melhor para todos.

Tartaruga gigante acolhe cãezinhos órfãos e vira sua melhor amiga!

Artigo Anterior

Idoso de 108 anos, que vivia nas ruas, é adotado por família. Não vai mais passar necessidades!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.